segunda-feira, 26 de abril de 2010

Livro reune vários autores e promove a "literatura do oprimido"


Depois do sucesso do "Hip-Hop a Lápis, O Livro", lançado em 2002 – quando dois mil exemplares se esgotaram, em três meses – acaba de sair "Hip-Hop a Lápis II, Literatura do Oprimido". As duas publicações, editadas pelo Ponto de Cultura Hip-Hop a Lápis, de São Paulo,  são coletâneas de autores ligados ao movimento. Nesta segunda edição, porém, em vez do material ser produzido especialmente para o livro impresso, foram reunidos 80 textos de 60 autores que ao longo dos últimos anos postaram suas ideias e mensagens no site do Portal Vermelho. "Acredito que existe, sim, a cultura do oprimido na literatura. A pessoa pobre já é oprimida pelo descaso na educação: muitos não sabem ler e quando sabem, não têm dinheiro para comprar livros. Quando o cara tem o dinheiro, se sente oprimido porque entra na livraria e se depara com aquele montante de livros que nem sabe por onde começar", diz Toni C, coordenador do projeto.

[+] Saiba mais


BY CENTRAL HIP HOP

Nenhum comentário:

Postar um comentário