quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Projeto Consciência Hip Hop apresenta resultados no Festival

O projeto formou jovens em atividades culturais realizadas no Centro Esportivo e Cultural CUFA

Por Fernanda Quevedo

André 33

Quem pensa que o Consciência Hip Hop acontece só no final de cada ano, se engana. O Projeto Consciência Hip Hop, acontece durante o ano todo, no Centro Esportivo Cultural CUFA, com oficinas de capacitação nos segmentos do Hip Hop. A CUFA - MT (Central Única das Favelas de Mato Grosso), comemora em 2010, avanços significativos, e um deles, é poder apresentar dois grupos, resultados do projeto, sendo um de dança e outro de rap, na sexta edição do Festival Consciência Hip Hop – A Cultura que Mistura. O evento acontecerá nos dias 19 e 20 de novembro.


Trata-se do grupo de rap “A Comissão” e o de dança “Favela Crew”. André Guimarães, vulgo André 33, que coordena o grupo de rap, é ex interno do Complexo Pomeri (Centro de Ressocialização de menores em conflito com lei), onde a CUFA realizou o projeto Consciência Hip Hop durante algum tempo. Logo após ser solto, André procurou a CUFA para dar continuidade no aprendizado que recebia por lá. Hoje ele compõe o quadro orgânico da instituição, e trabalha forte e incansavelmente para ampliar seu leque de conhecimento enquanto músico e também como produtor cultural.
È uma grande satisfação fazer parte dessa família. Todos os dias aprendo um pouco mais sobre um monte de coisa, e ainda estou realizando o meu sonho que é gravar um cd de rap”, comenta André 33, que também articulou a vinda do grupo Naipe Black, que se apresenta no Festival. Ele coordena a divulgação do grupo pelo Youtube e os ensaios e a formação do grupo, formado por Elvis, Branco, AP e Pablo, todos moradores e freqüentadores do Centro Esportivo.

Favela Crew

Sobre a proposta do grupo, André argumenta: “A proposta de trabalho do grupo é apresentar para Mato Grosso e Brasil o nosso som. Queremos mostrar que nossa região possui pessoas de talento, e que encontraram na arte de rimar um meio para discutir, dialogar e deliberar assuntos que são alvo de preconceito pela sociedade”.

Outro e não menos importante avanço da CUFA em 2010, é a viabilização da criação do grupo de dança “Favela Crew”, formado por adolescente moradores da região, e coordenado por Gleiberson Gandara. O grupo já fez importantes apresentações como a do Dia da Esperança e da Copa da Juventude, ambos realizados e produzidos pela TV Centro América. Participou também do Mutirão da Cidadania no Comando Geral Policia Militar de Cuiabá-MT.

Nada é mais significativo do que viabilizar a criação desses grupos, estimulando a cadeia produtiva cultural. Outro aspecto que causa a sensação de que “estamos no caminho certo” é que a comunidade está ocupando o Centro Esportivo Cultural CUFA, e preenchendo seu próprio tempo com ações que promovem o desenvolvimento humano. E isso é um reflexo de que a parceria entre a CUFA e a comunidade precisa ser ampliada, de forma que as ações possam atingir um número maior de pessoas.

SERVIÇO:
O QUE: Festival Consciência Hip Hop
ONDE: Centro Esportivo Cultural CUFA, Av. DR. Meirelles, Bairro São João Del Rey
QUANDO: 19 e 20 de novembro
Entrada gratuita. Mais informações: (65) 3665 – 1064 / 9984 1042

Siga o Festival no Twitter!

Nenhum comentário:

Postar um comentário