terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Receita para um novo dia - Sérgio Vaz



Novo Poema do Escritor e Poeta da Periferia Sergio Vaz


Receita para um novo dia - Sérgio Vaz

Pegue um litro de otimismo,
Duas lágrimas –de preferência
Escorridas no passado.
Duas colheres de muita luta
E sonhos à vontade.
Duzentos gramas de presente
E meio quilo de futuro.
Pegue a solidão, descasque-a toda
E jogue fora a semente.
Coloque tudo dentro do peito
E acenda no fogo brando das manhãs de sol.

Mexa com muito entusiasmo.
Ao ferver, não esqueça de colocar
Uma dose de esperança
E várias gotas de liberdade.
Sorrisos largos e abraços apertados,
Para dar um gosto especial.

Quando pronto,
assim que os olhos começarem a brilhar,
Sirva-o de braços abertos.


*do livro Colecionador de pedras (Global Editora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário