segunda-feira, 21 de abril de 2014

GRUPO OPNI APRESENTA ARTE URBANA BRASILEIRA NO MAIOR FESTIVAL DE JAZZ DO MUNDO



Sob a temática Favela Jazz, o coletivo de grafiteiros exibirá obras inspiradas no cotidiano periférico e fará intervenções artísticas ao vivo
De 25 de abril até 04 de maio, acontece a 45º Edição do New Orleans Jazz & Heritage Festival. Em 2014, o evento homenageia em solo americano a diversidade cultural do Brasil, e convida o Grupo Opni para representar o Graffiti.
Durante o Festival, o coletivo formado por artistas de São Mateus – zona leste de São Paulo – irá promover intervenções  live painting, produzindo um painel com mais de 10 metros, próximo à Casa Brasil, tenda criada especialmente para abrigar demonstrações características da música, artesanato e culinária de rua do nosso país. A exposição intitulada Favela Jazz, será constituída simultaneamente ao longo dos sete dias de evento.  Como inspiração para este trabalho, os grafiteiros usam a forte conexão que há entre a manifestação cultural mais marcante da cidade de Nova Orleans – o jazz – e os projetos que o GRUPO OPNI desenvolve nas periferias do Brasil afora. Tal vivência os levou á percepção de que a raiz africana é o elo que influência tanto Nova Orleans, e sua música, quanto o trabalho desenvolvido pelo coletivo em seus 17 anos de existência.
“Quando jovens, nós sonhávamos ser jogadores de futebol, ou simplesmente em ter um emprego formal. No entanto, não conseguimos entrar no mercado de trabalho, pois as dificuldade e discriminação para com moradores dos subúrbios eram muito fortes. Então escolhemos a arte e ficamos no Graffiti. Nós fizemos dele uma via de comunicação com a sociedade. Para nós, representar o Brasil no New Orleans Jazz & Heritage Festival, é também uma oportunidade de promover um diálogo do jazz, com as camadas mais populares do nosso país. Além disso, também queremos mostrar a arte de São Mateus para o mundo”, explica Toddy, um dos fundadores do GRUPO OPNI, adiantando que, o intercâmbio cultural não terá seu fim no festival. A ideia é partilhar a experiência no Brasil. Especialmente nas comunidades, criando futuramente uma devolutiva da vivência, ao povo que é fonte de inspiração para os trabalhos do coletivo.

Grupo OPNI: De São Mateus para Nova Orleans
Fundado em 1997, o Grupo OPNI desenvolve um trabalho característico, pois em suas ações culturais, sempre retrata o cotidiano periférico, realizando murais e exposições “artivistas”. Entre os principais projetos, está a Galeria a Céu Abertoque o coletivo mantém desde 2009, em sua comunidade de origem, formando um percurso repleto de intervenções artísticas.  Resumidamente, são ruas e vielas grafitadas que inspiram a comunidade e ressignificam o território marcado pela pobreza e exclusão social.
Ao longo da trajetória de 17 anos, o Grupo OPNI, junto com outros coletivos locais, fundou a ONG São Mateus em Movimento, maior articuladora cultural na região (2008); participou da 1ª Bienal Internacional Graffiti Fine Art no MUBE (2010); interpretou os painéis “Guerra e Paz”, de Cândido Portinari, no encerramento da exposição em São Paulo (2012); recebeu o prêmio de Melhor Grupo de Graffiti no “1º Prêmio Mundo da Rua” (2012); customizou o tênis do astro americano de basquete, Kobe Bryant, a partir de um convite da marca Nike (2013); e recebeu o prêmio do edital PROAC HIP HOP nº35/2013 com o projeto “Galeria a Céu Aberto de São Mateus: Graffiti e Rodas de Conversa” (2013). Para saber mais sobre o Grupo Opni, acesse www.grupoopni.com.br.

45° New Orleans Jazz & Heritage Festival
Criado na década de 1970 é considerado o maior evento de música da América, atraindo cerca de 500 mil pessoas, durante os sete dias de realização. Anualmente, 12 palcos se dividem entre estilos diversos, como jazz, gospel, cajun, zydeco, blues, R&B, rock, funk, african, latin, caribbean and folk. Nesta edição, o line-up conta com nomes do porte de Bruce Springsteen, Robert Plant, Public Enemy, Santana, Vampire Weekend, Arcade Fire, Alabama Shakes, Christina Aguilera, Foster The People, citando algumas das mais de 400 atrações.
Em 2014, o New Orleans Jazz & Heritage Festival presta homenagem ao Brasil por meio de diversas frentes, como música, exposições artísticas, painéis, workshops, apresentações multimídia, sessões gastronômicas e demonstrações de capoeira. Em termos de som, o ritmo brasileiro (samba, afoxé, forró, congada, entre outros) vai reinar nos principais palcos do evento, através de paradas e performances diversas. Não é de hoje que a iniciativa reverencia a cultura de outros povos.  Em 1996, foi instituído o Cultural Exchange Pavilion (Pavilhão de Intercâmbio) e, desde então, vários países – Haiti, Mali, Panamá e Martinica – foram saudados no Festival. Para mais informações sobre o evento, acesse http://www.nojazzfest.com.
Serviço:
Grupo OPNI leva arte urbana brasileira para o maior festival de jazz do mundo
Data: de 25 até 27 de abril e de 1° até 04 de maio de 2014
Horário: Das 11h às 19h (USA)
Local: Fair Grounds Race Course
Endereço: 1751 Gentilly Boulevard, New Orleans, LA 70130.

Nenhum comentário:

Postar um comentário