sexta-feira, 30 de maio de 2014

Ser Feliz - Sergio Vaz‏ #PoesiaPeriferica

SER FELIZ

Fique feliz
porque outras pessoas estão felizes.
Um brinde aquele seu amigo que saiu da fila do desemprego,
ou que encontrou um novo amor.

Fique feliz
por soldados de uma guerra que não te afeta,
acabam de se abraçarem para selar a paz.

Fique feliz
pelas pessoas que você nem conhece,
mas que já não tem problemas de saúde.

Fique feliz
porque o filho de outras pessoas estão
em escolas melhores e não mais mendigam nos semáforos.

Fique feliz
porque uma pessoa que você nunca viu, e provavelmente nunca verá,
está dando seu beijo pela primeira vez.

Fique feliz
porque a mãe e o pai de alguém
está chorando de felicidade vendo seu filho com o diploma na mão.



Sorria
porque alguém deixou de ser analfabeto. Pela criança que começou a andar.
Pelos pais e avós que voltaram a ser criança.

Fique feliz pelo seu amigo que agora tem mais dinheiro e não anda mais de ônibus, mas de bicicleta.

Fique feliz porque alguém ao sul de Angola ou a leste da Tanzânia que acaba de dizer: eu te amo.

Fique feliz por aqueles que saíram do aluguel, e mas ainda,
por aqueles que conseguiram seu teto.

Fique feliz
por aqueles que também tem ceia, ou não,
mas que já não disputam migalhas nas calçadas.

Fique feliz
porque sabe que o Deus que você acredita, não é seu personal trainer, e ele também deve atender as orações de outras pessoas.

Fique feliz
em saber que o brilho de outras pessoas
não é o aquilo que te traz escuridão, mas a luminosidade.

Fique feliz
porque o outro pode simplesmente
ser você recebendo de volta
tudo aquilo de bom que você desejou aos outros.

Sergio Vaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário