quarta-feira, 27 de agosto de 2014

MCK apresenta Rap na Cadeira de Rodas




Apesar de Angola ratificar alguns diplomas internacionais e aprovar outros ordinários contra discriminação dos portadores de deficiência física, a realidade pratica é contrastante, não existem políticas concretas de inclusão no sistema de ensino e mercado de emprego, não se responsabiliza a discriminação directa e indirecta, não se respeita a igualdade jurídica, regista-se abusos morais, ofensas físicas, violência psicológica e acima de tudo existem barreiras arquitectónicas que inviabilizam mais, a já difícil mobilidade locomotiva dos portadores de deficiência, falta de rampas na entrada dos edifícios, centros comercias, unidades hospitalares, escolares, W.C e paragens adaptadas, enfim... Estes manos e manas, vivem mergulhados neste universo de dificuldade que pretendemos levar a reflexão da sociedade no Espaço Bahia.
É nossa pretensão inverter o actual quadro de discriminação que expõe o deficiente como objecto de caridade e parasita social. Devemos todos nos despir do preconceito e respeitar a dignidade da pessoa humana e a sua autonomia individual, melhorar a acessibilidade e inclusão social.
O Elenco trará alguns Rappers que vivem esta condição 24h ao dia, porém, autênticos exemplos de superação e militância.
Os poucos ingressos comercializados servirão para adquirir cadeiras de rodas e doar a necessitados.
Antes de música, o Hip Hop é um movimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário