sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Mogi das Cruzes inaugurara uma "Casa de Hip Hop" dia 28

Casa do Hip Hop será inaugurada em 28 de agosto e já há inscrições abertas para oficinas



Inscrições já estão abertas para quatro oficinas que vão acontecer na Casa do Hip Hop, após sua inauguração, na próxima quinta-feira

Na quinta-feira da próxima semana (28/08) a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, inaugura a Casa do Hip Hop. Trata-se de um novo espaço de cultura da cidade, que foi concebido e será gerido em parceria direta com a Associação Mogiana de Hip Hop, entidade que representa, incentiva e organiza ações para o segmento. A casa, situada no número 48 da rua Coronel Cardoso de Siqueira, no Centro, já abre ao público com uma programação de oficinas, cujas inscrições estão abertas.

Para abrigar as atividades do segmento do hip hop, a casa passou por uma reforma, custeada pela Prefeitura, com investimento aproximado de R$ 27 mil. O espaço ganhou piso novo, acessibilidade, espelhos, mobiliários e equipamentos de som. Novos equipamentos, como tenda na área externa, sistema multimídia e pickups para DJs também serão instalados em breve na casa, viabilizados por verba de emenda parlamentar, no valor de R$ 20 mil.

Todos os materiais empregados na reforma foram reaproveitados de itens que não tinham mais serventia. O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, destaca esse aspecto da sustentabilidade e fala também sobre a importância do novo espaço cultural. 

“A Associação Mogiana de Hip Hop levantou todas as necessidades, como piso liso, espelho, bebedouro, sistema de som, ventiladores, banheiro acessível e nós fizemos a obra conforme eles pediram. Todos os equipamentos de mobiliários foram reaproveitados e reformados de materiais inservíveis da Prefeitura, o que nos possibilitou um investimento baixo e um ótimo resultado. Esta vai ser a nova casa e o novo ponto de encontro das pessoas da cultura hip hop”, pontua.

Antes da reforma, o imóvel era utilizado como depósito de equipamentos e estava em estado de abandono. Revitalizá-lo, logo, também faz parte do projeto do prefeito Marco Bertaiolli, de renovação urbana da área central do município, movimentando espaços até então não utilizados e dando a eles uma nova vida, com ações culturais. 

A Casa do Hip Hop ficará a total disposição de grupos mogianos do segmento do hip hop, para ensaios, treinos, palestras e reuniões. O espaço vai contar ainda com uma biblioteca, com aproximadamente 500 títulos, que vai reunir obras de arte gráfica, fotografia e até clássicos da literatura brasileira. “As batalhas de DJ, por exemplo, requerem um amplo vocabulário, portanto a leitura é uma prática importante para o público do hip hop”, acrescenta Sartori. 

Um dos grandes focos do novo espaço será a realização de oficinas para capacitar e passar ensinamentos às pessoas envolvidas ou interessadas em linguagens da cultura hip hop. Já estão abertas, aliás, as inscrições para oficinas de discotecagem (DJ), MC, B.Boy (danças urbanas) e Graffite, que terão início no dia 3 de setembro e se estendem até 20 de dezembro. 

Veja a relação completa de oficinas e vagas

A oficina de discotecagem é voltada para pessoas com idade a partir dos dez anos. São 40 vagas, distribuídas por duas turmas e as aulas serão comandadas pelo DJ Kriador. Já a oficina de MC será comandada pelo MC Acme, que é presidente da Associação Mogiana de Hip Hop e também possui 40 vagas. Ambas terão início no dia 3 de setembro. 

A oficina de B.Boy (danças urbanas) ficará sob a batuta de Cadu Araújo, que é coreógrafo especializado neste segmento da dança. São 60 vagas, para pessoas com idade a partir de sete anos. A oficina de Graffite, por sua vez, será comandada por Kerrel Ribeiro, conhecido grafiteiro mogiano. Serão duas turmas, com capacidade para 15 alunos cada e voltadas para pessoas com 12 anos ou mais. Essas duas oficinas começam no dia 4 de setembro. 

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pessoalmente na Secretaria Municipal de Cultura, que fica no número 993 da rua Coronel Souza Franco, no Centro Histórico. Menores de 18 anos devem ir acompanhados por um responsável. 

A solenidade de inauguração da Casa do Hip Hop vai acontecer às 19 horas, no próprio local. 

Arena MC Especial 

Na sexta-feira da próxima semana (29/08), um dia após a inauguração da Casa do Hip Hop, haverá uma edição especial do projeto Arena MC, a partir das 19h30, na praça Coronel Benedito de Almeida. O projeto tem ganhado força ao longo dos últimos anos como relevante manifestação popular de Mogi das Cruzes e atrai cada vez mais olhares e ouvidos, fomentando as linguagens do hip hop e as culturas de rua. Neste dia, em especial, haverá participação do MC Acme e do Grupo Nível de Cima, além de batalhas de MCs.

O Arena MC tem na bagagem ações em Jundiapeba, Conjunto Jefferson, Conjunto Toyama, Jardim Layr e Centro Histórico da cidade. Também marcou presença em fóruns setoriais de discussão, representando o segmento e incentivando a união das tribos culturais. (LMS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário