sexta-feira, 29 de agosto de 2014

“Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças” discute o atual momento do teatro



Evento faz parte da Pílula de Cultura Feira Preta e faz reflexão a partir do ponto de vista de diretores e pesquisadores sobre a visibilidade do teatro negro no mercado cultural

A Literatura e a dança negra foram temas amplamente discutidos e agora o Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças traz à mesa de debates o atual momento do TEATRO negro dentro do mercado cultural. O evento acontece no 31 de agosto de 2014, das 15h às 20h, no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000, Sala Adoniran Barbosa). Integrante da Pílula de Cultura Feira Preta, o objetivo deste projeto é provocar reflexões sobre qual é o espaço do teatro na cidade de São Paulo, sua formação de público e quem está consumindo este produto cultural e também sua relação com a mídia e o mercado. Além dos debates, o evento terá apresentações de fragmentos de espetáculos que estiveram recentemente em cartaz: Os Crespos com “Cartas a Madame Satã” e “Engravidei pari cavalos e aprendi a voar sem asas”, Coletivo Negro com “(Entre)” e as Capulanas Cia de arte Negra com “Sangoma”.

A Pílula de Cultura é voltada para estudantes, acadêmicos, pesquisadores, artistas, profissionais da mídia e do mercado cultural e interessados, além de produtores da cena cultural e de todos que queiram ou têm interesse na temática. O evento é constituído de dois momentos: no primeiro uma mesa de debate com reflexões profundas acerca da linguagem artística do mês onde cada convidado acrescenta ao assunto seu ponto de vista e aspectos relacionados às suas pesquisas. No segundo, apresentações artísticas da linguagem discutida no evento. Após seis anos de existência as Pílulas de Cultura aprofundam as reflexões a respeito da produção cultural negra, traçando um panorama da cadeia de produção, levantando importantes questões: onde estão estas produções? Quem está realizando? Quando elas acontecem? De que forma ou formato são criadas? Que tipo de público está atingindo? Que espaços esta arte está ocupando e porque? Qual a sua visibilidade em mundo cercado de estereótipos e pré-conceitos?

Programação

15h – Inicio com a apresentação da jornalista Chis Gomes

Integrantes da mesa da Roda de Conversa Qual é o Panorama das artes Negras:

Presenças X Ausências no Teatro (Das 15h30 às 18h)

Lucélia Sérgio - Atriz, Diretora e Produtora - Co-fundadora da Cia “Os Crepos” - Formada pela Escola de Artes Dramática/USP

Cristian Moura - Prof Universitário, pesquisador do TEN (Teatro Experimental do Negro)

Angelo Flávio - Pesquisador e Fundador da Cia Abdias do Nascimento, formado pela Universidade Federal da Bahia, ator, Diretor e Dramaturgo premiado.

Salloma Sallomão - Educador e pesquisador de culturas africanas e afro-diaspóricas. Doutor em História pela PUC SP e pesquisador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Gil Marçal - Diretor do Núcleo de Cidadania Cultural – SMC (Secretaria Municipal de Cultura)

Apresentação de fragmentos de espetáculos - Sinopses

Os Crespos

“Cartas a Madame Satã”

A partir da figura mítica do artista Madame Satã, o espetáculo discute homoafetividade de homens negros, e sua sociabilidade diante dos estereótipos sexuais de virilidade que cerceiam sua experiência afetiva

“Engravidei pari cavalos e aprendi a voar sem asas”

Propõe dar voz e rever os estereótipos sobre a mulher negra, construindo uma nova relação de alteridade e valorização.

Coletivo Negro

“(Entre)”

Uma mulher grávida e abandonada; um pai que, após desentendimentos violentos com a mulher e o filho, deseja retornar ao seio familiar; um filho que, em embate direto com o pai, busca encontrar seu caminho e identidade; e um médico que nasceu naquele lugar e volta para reencontrar o seu passado. Todos habitam o mesmo espaço precário, tanto espacialmente como de organização e serviços básicos.

Capulanas Cia de arte Negra

“Sangoma”

O espetáculo aborda a cultura negra pela imagem das sangomas, mulheres que fazem trabalhos de curas espiritual e física nas suas comunidades. A montagem traz seis personagens femininas que dão depoimentos e abordam a condição política e social da mulher negra.

Serviço

“Panorama das Artes Negras: Ausências e Presenças” - Teatro

Dia: 31 de agosto de 2014, das 15h às 20h

Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Sala Adoniran Barbosa (Metrô Vergueiro) Tel (11) 3397-4002 Capacidade: 622 lugares

ENTRADA FRANCA

Classificação Etária: Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário