Brasil, Portugal, Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe - Terra do Rap 2021 - Festival de Cultura Urbana da Língua Portuguesa ANO VIII, Edição Novxs Rios

FITA MISTURADA ONLINE

Domingo, 25 de abril

Youtube, gratuito https://youtube.com/c/TERRADORAP

10h às 22h (+de 12 horas de programação)

O TERRA do RAP, festival de Cultura Urbana da língua portuguesa, encerra sua 8ª edição com a “Fita Misturada Online”, live de 12 horas de programação e mais de 60 artistas incríveis de Brasil, Angola, Portugal, Moçambique, e São Tomé e Príncipe, reunidos em uma transmissão que ocorre dia 25/04 no canal do youtube do festival.

Nesta 8ª edição, intitulada Novxs Rios, o festival revolucionou com cerca de 3 meses de programação online. Foram realizadas diversas transmissões (lives, oficinas, debates) conectando a cultura urbana de diversos países com o objetivo de descolonizar a língua portuguesa. Para a Live de encerramento o grande desafio foi reunir artistas invisibilizados aos algoritmos, que não chegaram ainda ao mainstream, mas que representam uma nova geração relevante pros rumos da cultura urbana e daquilo que chamamos de “Nova Lusofonia”.

Xandy, 25 anos (Mc/Rapper do Jacarezinho, vencedor da primeira batalha temática de rimas da Terra do Rap), e Chris Beat, 22 anos, (DJ/Beatmaker de Manguinhos) comandam a produção da música colaborativa/Cypher e a live, que também conta com a presença de artistas imigrantes DSB e Muleca XIII, (Brasileiros, que vivem em Portugal). E Cold Jas e Sou Full (Angolanos, que vivem no Brasil).

Toda a programação foi transmitida no canal do Youtube da Terra do Rap. Pensando no contexto da pandemia e como o setor da cultura sofreu severos impactos, o festival convidou artistas de diversos países de língua portuguesa para participar em performances exclusivas.

A cultura urbana é o que oxigena toda uma circulação de tendências”. “Sempre observamos e convidamos novos artistas e iniciativas. Após a experiência de 2021, optamos na nona edição do festival alcançar mais desses novos artistas que não possuem instrumentos de divulgação e ainda são invisibilizados no mercado. 

“Não acredito que os efeitos da pandemia terminarão com a imunização mundial, pelo contrário, penso que teremos muito ainda a reconstruir. Gerar mercado e possibilidades de intercâmbios para vozes ainda silenciadas será nossa missão ainda em 2022”, diz Vinicius Terra, idealizador e curador do festival (que também é rapper e compositor)  e neste momento, prepara uma canção para a reabertura do Museu da Língua Portuguesa (SP), com participações de vozes potentes na luta por equidade, como Elza Soares, Linn da Quebrada, a fadista Sara Correia e o luso-caboverdiano Dino D’Santiago.

PROGRAMAÇÃO

PORTUGAL

 Visco; DSB (Brasileiro em Portugal)

HELLAS

Lady N; Denise; Shiva; Alpha; lady; KikaG; Chininha; Adn; Máry M; PI; Saju; Nemesy; Cheady 

Muleca XIII (Brasileira em Portugal) 

HIP HOP SEM LIMITES 

RWELLA; Pika Mc; Inztynto; Djou-mc; Thug2Spirit; Rmoura; Ouhjih; Dido Legionário; DRG; Lead Mc; Guerreiro; Black P 


ÁFRICA LUSÓFONA

MOÇAMBIQUE

Xelter; Inspector Desusado; Ygrego; Gil Puff One; Kingston; Ray Breyka

SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Waik Waik; Karboss; Zafa; Função Inversa; Kuatro Ases; Tuz Mc; ThreeB

BRASIL

RIO DE JANEIRO E ESTADO DO RJ

Lis Mc; Thai Flow; Helen Nzinga; Afrodite Bxd; Mc Martina; A Bronca; Ikinya; Juju Rude; Caê Guajajara; Xandy Mc; DJ Chrisbeats; DJ TamY; Marcão Baixada; Nyl Mc; Lessa Gustavo; Duvô; Substrato Mc's; Mau Du Carta; Ella Fernandes; Nega Preto; Durango Kid; Leonicio; 

Soul Full (Angola, mas mora no Rio) ; Cold Jas (Angola, mas mora no Rio)

POETAS DO RIO DE JANEIRO

Andréa Bak; Sabrina Azevedo; Viviane Laprovita; Winona Evelyn; 

 

Conteúdos Extras

 

27, 28, 29/04

Oficina Rap Lusófono

 

30/04

Novxs Rios (Terra do Rap cypher 2021)

 

10/05

SITE TERRADORAP.COM NO AR


EDIÇÃO DE FEVEREIRO

 


CANAIS OFICIAIS

YOUTUBE

https://youtube.com/c/TERRADORAP 


INSTAGRAM

https://www.instagram.com/terradorap/


O que tem a dizer?