terça-feira, 26 de abril de 2016

Antarctica (re)apresenta o Clube do Samba‏



Os bambas mandaram avisar: Antarctica (re)apresenta o Clube do Samba


​  
Após 37 anos o principal movimento de defesa do samba está de volta para celebrar os 100 anos de vida do ritmo que se tornou uma instituição para os cariocas

Era maio de 1979, quando João Nogueira decidiu mudar a história do samba para sempre. Cansado das batidas disco e letras estrangeiras que invadiam rádios e discotecas brasileiras, fundou em sua casa o Clube do Samba. Reconhecido como o maior movimento de resistência ao estrangeirismo na música, é comum ouvir que se não fosse o Clube, o samba não estaria mais entre nós.
O Clube era realizado dentro da casa de João Nogueira, no Méier, e só podiam entrar sambistas e convidados, já que “aos sambistas tudo e aos bicões nada”, como dizia o próprio João. Destes encontros nasceram novos nomes do samba como Zeca Pagodinho, que foi levado por Beth Carvalho e composições de sucesso, como o próprio hino do clube.
 37 anos depois, em uma grande homenagem ao centenário do samba e aos sambistas, Antarctica, apoiada por membros originais como Martinho da Vila, Beth Carvalho e o herdeiro, Diogo Nogueira, vai reapresentar o Clube do Samba e fazer jus a famosa frase de Nelson Sargento, “o samba agoniza, mas não morre, alguém sempre o socorre”.
 Um casarão no centro do Rio de Janeiro, a decoração feita com itens autênticos do Clube e réplicas inspiradas no acervo disponibilizado, serão o cenário da nova versão do reduto responsável por não deixar o samba morrer. Em quatro finais de semana, com início no dia 30/04, a velha guarda do samba se encontrará com a nova geração para festejar a vida longa do ritmo que se tornou uma instituição. A curadoria do projeto é assinada por Nilcemar Nogueira, neta do Cartola. 
Martinho da Vila será o anfitrião dos quatro sábados. E como acontecia no salão de João Nogueira, os bambas estarão reunidos para tocar, falar e fazer samba. Emocionados com o remake, os sambistas contam em filme produzido por Antarctica e AlmapBBDO,  o que o Clube e sua volta significa em suas vidas 
Desde que o samba é samba, ser democrático faz parte de sua essência e, por isso, as festas terão entrada gratuita. Os interessados deverão se inscrever a partir do dia 26/04 no site de Antarctica http://www.antarctica.com.br/clubedosamba - até a casa atingir sua capacidade máxima. Fechada a lista, o site disponibilizará a inscrição para o próximo final de semana. Para que todos possam se sentir parte da história, Antarctica disponibilizará cobertura completa em suas redes sociais com fotos e vídeos.
 “Nós costumamos dizer que se Antarctica tivesse um coração ele seria como o dos cariocas: batucaria ao invés de bater.  Somos grandes apoiadores do samba e há anos promovemos e incentivamos o ritmo com diversas ações. No ano do centenário, reapresentar o Clube do Samba foi a melhor maneira que encontramos de homenagear um movimento real, que defendeu o ritmo e permitiu que ele chegasse a esses 100 anos nos emocionando e embalando histórias autênticas, como a de amor entre a BOA e os cariocas”, comenta Maria Fernanda de Albuquerque, diretora de marketing da marca. 
 O Clube do Samba marca o lançamento da plataforma Batuque da BOA, voltada totalmente para a história do samba e comemoração de seus 100 anos, que se dividirá entre conteúdo digital e diversos eventos no Rio de Janeiro.  O Clube do Samba é uma idealização e produção da agência BFerraz. O conteúdo digital e filme de Antarctica é de concepção da agência AlmapBBDO.


Ficha Técnica – Clube do Samba
 Anunciante: Ambev
Título: Clube do Samba
Produto: Cerveja Antarctica
Diretor Geral de Criação: Luiz Sanches
Diretor Executivo de Criação: Bruno Prosperi
Direção de Criação Digital: Luciana Haguiara

Diretor de Criação: Marcelo Nogueira, Benjamin Yung Junior
Head of Art de Digital: Pedro Burneiko
Redator: Henrique Castilho
Diretor de Arte: Tiago Padilia
Diretora de Conteúdo: Chris Mello
Produtora: O2 Filmes
Direção: Stefano Capuzzi Lapietra
Produção Executiva: Carlos Betti, Rafael Fortes, Gustavo Nogueira, Fernando Alcantara
Direção de Fotografia: Daniel Belinky
Atendimento: Rejane Bicca, Luiza Teani, Raquel Rocha
Montagem: Pedro Andreatta
Pós-Produção/Finalização: O2 Filmes
Produtora de Áudio: Satelite
Produtor: Equipe Satelite
Maestro: Equipe Satelite
Atendimento: Fernanda Costa
Locutor: Charles Nobili
RTVC: Vera Jacinto, Rafael Miranda de Azevedo
Atendimento: Fernanda Antonelli, Ana Clara Grana, Beatriz Almonacid, Humberto Carvalho, Karen Pardo, Beatriz Sztamfater
Planejamento: Cintia Gonçalves, João Gabriel Fernandes, David Gross, Augusto Motta Verissimo
Mídia: Wanderley Jovenazzo, Larissa Dias, Rogério Beraldo
Diretor de Integração: Kauê Cury

Aprovação: Paula Lindenberg, Maria Fernanda Albuquerque, Nilson Kalili, Gustavo Tavares
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top