quinta-feira, 29 de setembro de 2016

"É uma vergonha que nossos pais e mães sejam mortos, e não possamos mais vê-los" diz Zianna

Eu não sei nem como começar, porque estou com um ódio e tristeza no coração que nem sei medir.


Acabei de ver o vídeo da garotinha chamada Zianna, em que ela fala durante uma assembleia, sobre a morte de negros em Charlotte (cidade do estados da Carolina do Norte nos estados unidos).
A garota discursa e passa seu sentimento, de como ela se sente em ver pais e mães como ela diz sendo enterrados. A menina claro não aguenta durante um momento e não consegui falar, por um misto de medo e emoção ela chora, mas um voz forte e imponente de um mulher negra diz: Don't Stop! (não pare!), dando força para a menininha que continua sua fala dentre este discurso ela diz emocionada. "É uma vergonha que nossos pais e mães sejam mortos, e não possamos mais vê-los. É uma vergonha que tenhamos que ir ao cemitério e enterrar eles, e nós temos lagrimas e não deveríamos ter lagrimas"

Ouvir isto de uma criança é de cortar o coração. 

Eu costumo sempre abordar temas deste tipo, ou melhor varias pessoas fazem isto, mas sempre ouvimos que é mimi e vitimização. Eu sei que você racista não se comove nem com a dor desta criança, eu sei que você não quer perder seu privilegio, e adora brincar de preto em festa de rap, diz que adora um Trap, manda uns DAB e posta no "Insta" com a hastag Nigga. Mas quando nos vê nos roles fica com medo né seus favela gourmet do carai.. quando nos vê na rua muda de calçada, pratica aquele racismo diário, e diz que é só piada!

Parafraseando uma frase de vocês, "Racista bom é racista morto"

Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top