domingo, 27 de novembro de 2016

TRUPE LIUDS CIRCULA EM TODA A CIDADE COM O ESPETÁCULO "MJIBA - A BONECA NEGRA"



Depois de iniciar o I Ciclo de debates “Cartas para minha filha”, uma série de encontros com pesquisadores, atrizes e artistas negros em torno da desconstrução dos estereótipos e da invisibilidade da mulher negra nas artes brasileira, os temas e as problemáticas das rodas de conversa entram em cena com a Trupe Liuds no espetáculo "Mjiba - A Boneca Negra".

No ritmo leve, brincalhão e sarcástico do circo-teatro a Trupe conta a história de dois palhaços-carteiros que, em meio a suas encomendas, encontram uma caixa sem remetente. Ao abrirem a caixa, encontram uma boneca negra. Os carteiros passam a disputar quem irá educar a boneca, até que encontram algo que mudará todo o rumo da história.

O espetáculo, que homenageia a mulher negra e traz a tona o racismo nas artes e na educação desde a infância, circula em toda a cidade do dia 21 de novembro ao dia 04 de dezembro em escolas e centros culturais, onde visa trazer para crianças, professores e adultos a reflexão e a transformação sobre o racismo dentro e fora desses espaços.


Formada por três palhaços negros, Valmir Cruz, Dede Ferreira e João Henrique, a Trupe Liuds “utiliza o circo como uma ferramenta do lúdico para trabalhar a desconstrução desses valores impostos. A figura do palhaço é uma ponte para o diálogo sincero com as crianças e público em geral”, explica Dede.

O ciclo “Cartas para minha filha” e espetáculo Mjiba – A Boneca Guerreira, foram contemplados pelo edital Xamego – Seleção e Apoio a projetos de Circo, da Secretaria Municipal de Cultura. 

O projeto busca visibilizar e colocar em pauta a importância na arte brasileira da presença de palhaços vividos por atores e atrizes negras no Brasil. Como Beijamim, o primeiro palhaço negro da história, e Xamego, palhaço interpretado pela atriz negra Maria Eliza Alves dos Reis, nas décadas de 1940 a 1960.


Trupe Liuds – Histórico
A cia Trupe Liuds surge em 2006, com o intuito de difundir a arte circense na periferia da cidade de São Paulo. É uma companhia composta por palhaços negros, que através da linguagem lúdica recria a realidade cotidiana e desperta o imaginário da população.
Através da pesquisa na linguagem do palhaço, mesclando cenas do circo tradicional, circo contemporâneo e a cultura popular a Cia Trupe Liuds propõe diálogos, reflexões e questionamentos sobre a cultura negra e a sociedade brasileira, e tem como proposta ocupar espaços públicos e espaços ociosos com espetáculos e intervenções circenses.

AGENDA - "Mjiba - A Boneca Negra"

02/12 - Instituto Pombas Urbanas – 14hs
Av. dos Metalúrgicos, 2100 - Cidade Tiradentes

03/12 – Bloco do Beco – 16hs
Rua Acédio José Fontanette Viela 6 nº 7

04/12 - Casa Taiguara – 16hs
Rua Treze de Maio, 358 - Bela Vista

Ciclo de Debates “Cartas para minha mãe” às 19hs
Comunidade Cultural Quilombaque
Travessa Cambaratiba, 05 – Perus (ao lado da estação de trem)
01/12 - “A imagem estereotipada da mulher negra na sociedade brasileira” com

Flávia Rosa e Elizandra Souza
08/12 - “O impacto do machismo na Educação” com Fernanda Azevedo e Ana Koteban
OBS.: Não é necessário retirar ingresso. Entrada gratuita.
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top