segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Com uma vasta gama de ideia e referencia negra, o grupo gaúcho Afrocalipse lança o clipe "Afrocalipse Parte 2"


Afrocalipse é um dos ótimos grupos de rap da cena gaúcha, mas claro não tem o mesmo destaque na cena nacional por não estar aqui no eixo rio/são paulo.
A musica "Afrocalipse parte 2" alem de ser cheia de referencia é muito gostava de ouvir, muito bem produzia e escrita. 

Assista:


MEDIAFIRE // DOWNLOAD (MUSICA)



Midias Sociais:
Twitter: afrocalipseoficial



Apoio:

-------------------------------

Letra:

Yea!

O que que eu falei em 2004?

Que eu ia estar firme aqui de novo!

Wow!
Convocação geral!

Venham pra rua!!

Tragam seu berinbau, seu agogô!
Traga sua lança!
Traga o seu tambor!
Junte-se a nós que é o afrocalipse...

Punho cerrado para o alto 
Que nem Malcom X 

E hoje estou em todo canto
Deixando minhas tags 

Negros correm negros voam
Encantam o mundo 

Negros são Giba Giba 
E Ronaldo gaúcho 

São campeões que nem
O Paulo Cesar Tinga

Somos macacos, mas pra ti
Pode ser gorila 

Te apavorou com os pretos 
Dando um rolezinho 

No Iguatemi, no Barra, no Praia
E no Moinhos 

Isso é um safári e eu
Tô caçando onça 

E o que eu preciso 
Não cabe na tua bolsa 

Eu tô usando o tênis 
Mais caro da tua vitrine 

E tu tá preocupado se eu
Vou cometer um crime 

Tu odeia os pretos 
Mas escuta Bob Marley 

E torce pelo Lebron James 
No NBA

Isso é o Afrocalipse 
E é bom ter medo!

Porque o homem que bate o martelo
E faz justiça é um negro!

Refrão 
Se tu não sabe a nossa história 
Tem explicação!

Topázio diamante negro 
Lapidado a mão 

Tirando forças do nada 
Com braço e com suor...

Luta e faz o melhor!

Bate no peito com orgulho
E grita meu irmão....

Lanceiro negro crioulo 
De alma e coração...

Ouooo uooo de coração!!!
Yea! Yea! Yea...

Quem é, 
Que canta no tom?

Que tem gingado perfeito
Pra fazer um som? Quem????

Sobreviveu no sufoco 

Mora na favela 
E nunca perde o brilho do rosto ?

Quem foi quê!
Trouxe o samba Pra cá?

A capoeira pra cá 
Trouxe os batuque pra cá?

Quem?

O nariz é largo sim!
Não me envergonho,

Foi Deus que me fez 
Assim! Negro!!!!

O cabelo é duro sim!
Pra desinformado 
O tipo dele é pixaim!
De negro oooo! 

Se soubesse que ser 
Preto é bom!

Tingia a palma da mão 
Do mesmo tom!

Do preto da minha pele!
Do preto do olho!
Do preto do bairro!
Do preto do morro!
Do luto da viúva! 
Do preto do povo!
Daquele pretinho, 
Que foi confundido, de novo!

Refrão 
Se tu não sabe a nossa história 
Tem explicação!

Topázio diamante negro 
Lapidado a mão 

Tirando forças do nada 
Com braço e com suor...
Luta e faz o melhor!

Bate no peito com orgulho
E grita meu irmão....

Lanceiro negro crioulo 
De alma e coração...

Ouooo uooo de coração!!!
Yea! Yea! Yea...

Fala final (spaw)
Negro! Teu grito ecoou na senzala

E invadiu o ouvido surdo do teu senhor!

Foi um grito forte que nasceu da dor!

Foi um grito forte que nasceu do sofrimento!

Foi um grito forte, que nasceu de 500 anos de escravidão!

Foi um grito de liberdade!
Foi um grito de liberdade!
Foi um grito de liberdade!

Foi um grito de liberdade de expressão!

Ow!!! Afrocalipse!

Essa é a parte dois!

Hã! Em memória de Zulmira, angolana assassinada brutalmente, por racismo em São Paulo!

Por cada Neguinho assassinado pela polícia nas esquinas do Brazil!

Esses são os filhos que a pátria não pariu! Salve GOG!!!

I Have a dreams!

Ah ! Eu gosto de bananas hein! Faz bem! Evita câimbra!
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top