quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Mãolee em parceria com Shock O Qxó lança o som “O Maior Festival do Planeta”


O funk encontra o hip hop na música “O Maior Festival do Planeta”, mais precisamente quando o respeitado DJ e beatmaker Mãolee, dono da Tudubom Records, convida o talentoso rapper Shock para uma tabelinha. Enquanto o primeiro é o responsável pelos beats dos sucessos de Filipe Ret e Daniel Shadow, o segundo integra o grupo Start, além de já ter gravado com Marcelo D2. “O Maior Festival do Planeta”, onde o Mãolee comanda os beats e divide o microfone com o Shock, nos leva de volta aos bailes funk dos anos 90. Ô tempo bom! A música é o primeiro single do disco de estreia do Mãolee, que vai ser gravado ao longo de 2017, com várias participações especiais. Além do hip hop e do funk, a fórmula musical do Mãolee tem espaço para o pagode, o trap, entre outras relíquias para te emocionar. Aperte o play, aumente o volume e venha para “O Maior Festival do Planeta”.
Julio Barbosa




BIOGRAFIA MÃOLEE

Mãolee costuma dizer que não é de Laranjeiras, é da Cardoso. E é exatamente na Rua Cardoso Júnior que fica a quadra do Cardosão, onde o Henrique começou a virar o Mãolee. A diversidade musical do DJ e beatmaker carioca é proporcional à quantidade de degraus da escadaria da Cardoso. Ao mesmo tempo que se tornou percussionista dos blocos Cardosão de Laranjeiras e Xupa, Mas Não Baba, o botafoguense começou a frequentar os bailes funk e charme do Rio. Nessa época, os fones do Mãolee tinham lugar cativo para J Dilla, Racionais MC’s, Dr. Dre, Marcelo D2, Fundo de Quintal e Zeca Pagodinho. A relação com o rap se concretizou quando ele criou, com Filipe Ret (parceiro do projeto Numa Margem Distante) e Daniel Shadow, a Tudubom Records. Mãolee produziu os discos “Revel” e “Vivaz” (Filipe Ret), e “Tudo ou Nada” (Daniel Shadow). Os beats dele também podem ser encontrados em músicas dos grupos Cartel MC’s, Start e Oriente, e dos rappers Pedro Ratão, Kayuá e Ramonzin. Em 2013, Mãolee fez um remake do álbum “When Love is New”, do cantor americano de soul Billy Paul, lançado originalmente em 1975. No segundo semestre de

2016, ele criou uma série de remixes de trap, incluindo versões para músicas dos MC’s Maneirinho e Brinquedo, e do Péricles, ex-Exaltasamba. Ano novo, projeto novo. Mãolee começou 2017 focado na gravação do seu disco de estreia, que vai contar com várias participações especiais. Quais? Fique de olho nas redes sociais do Mãolee. A fórmula!
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top