segunda-feira, 13 de março de 2017

Boy Killa lança o clipe "AFROnta" com participação de Coruja BC1 & Rincon Sapiência


Boy Killa, mc da zona sul de SP, da banca do Racionais Mcs, lança o clipe "AFRONTA" que conta com a participação do Coruja BC1 e do Rincon Sapiência




Facebook: Boy Killa 


Ficha técnica:

Direção Geral : Murilo Guerreiro 
Produção : Blood
Mixagem/Masterização : Devasto Produção

Agradecimentos: A todos que fizeram parte desse grande trabalho, Obrigado. 
Oferecimentos: MüE

LETRA:

Boy Killa

Pode pa, não tamo protegido não
Pelos homens da tropa de choque
Nunca em choque nós tamo no asfalto
Incomodando pique black bloc
O rec ta ligado já faz uma cota
E não é agora que eu vou dar stop
E se o Datena depender de nós não vai conseguir nenhum ponto no IBOPE
Filha da puta do estado manchando de sangue a porra do cenário
Figuração é o caralho eu sou como um desenho abstrato no quadro
Quero o que é meu não aceito bagaço
Não confundo as coisas eu não sou folgado
Porque folgado é o filho do Eike fazendo strike embriagado
Muita injustiça, mó neurose, tentou me acalmar com a hipnose
Mas sei que o efeito colateral pode causar um problema precoce
SP capital tá fora do normal mas é o nosso quintal molecote
Não vou me arriscar na travessia e deixando minha vida na mão dos coiote


Coruja BC1

Pelos becos, viela, viemos nos beat cuspindo verdade
Filhos de Nina Simone
Maldição pra Raquel Cherazard, afronta
Os filhos do Bush, pique carta de guerra do Irã
Nascido no sul pra morrer no norte, igual soldado do Vietnã
É raro o amor convivemos no inferno
Chapa, cê nem tem pecado, trabalhador é igual grafite em Sampa
Solitário, frio, apagado
Sem direito a indenização, vim buscar o que é nosso por merecer
Conta, conta, conta as notas, conta, conta, Kunta Kinte
Admiro a história do senhor King
Mas estou de mal com o mundo então vai ser olho por olho
No resumo nós trava teu chip vi escabin no jogo de piolho
E num romance eterno com as pu, envolvido até o pescoço
Amor marginal, só escuto o coração que pulsa no poço
Que liga o irmão da Sul
Ponta de lança igual irmão da Leste
Se o rap virou ação, os my nigga daqui são os que mais investe
Virei o Pedro de vez!
Não confio no seu falso pastor e to negando ele 3 vez


Rincon Sapiência

Na vila pupilas dilatam
Corações aceleram, infartam
De onde eu vim sobrevive os originais
Clonado somente os cartão
É o papão, é o bixo
Aqui não tem boi mas tem cara preta
É o Capão, Itaquera nós é que nem pixo vivemo das letra
É o asfalto na sola da bota
Chão de terra na sola da bota
A rua é nossa professora
Por isso gostamos das nota
Terra seca, os frutos não brotam
Molha minha mão vem com a minha cota
Responsa do rap nós chama no peito
É que nem os chavão de meiota
Jacaré que dorme vira bolsa
Tamo sem dormir e portando Lacoste
Pretinha bonita encoste, vamo pro giro na Zona Norte
É o breu sem luz no poste mas o movimento eu ganho
Já disse que os preto é chave, tamo pique Roberto Bolaños
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top