sexta-feira, 3 de março de 2017

Fábricas de Cultura tem programação especial celebrar o mês da mulher


Programação gratuita propõem reflexões sobre temas como a padronização do corpo da mulher e o feminismo, além de exposições e encontro de poesia falada

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, durante o mês de março, as Fábricas de Cultura das zonas Norte e Sul, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, prepararam uma programação especial que tem o objetivo de promover reflexões sobre temas que ainda estão presentes no cotidiano de milhares de mulheres: padronização do corpo, a situação das mulheres na periferia, feminismo, jovens artistas negras, imersão da mulher no mercado e muito outros temas. A programação reforça debates que já são presentes em comunidades da periferia e que agora ganham mais espaço dentro das Fábricas. Confira os destaques:

FÁBRICA DE CULTURA BRASILÂNDIA

8 de março, às 14h

Roda de conversa: a padronização do corpo da mulher ao longo dos séculos

Palestras aborda o padrão de beleza feminino que foi modificado de acordo com o contexto histórico, permeando a visão padronizada imposta pela sociedade.

16 de março, às 10h

Uma resenha sobre as minas

Em parceria com o Instituto Sou da Paz, para discutir sobre a situação das mulheres na periferia, discutindo formas de opressão contra as meninas, principalmente, as moradoras da periferia.

31 de março, às 15h

Roda de conversa: feminista, eu,

Bate-papo sobre o feminismo em que será discutido a importância do empoderamento da mulher.

FÁBRICA DE CULTURA CAPÃO REDONDO

7 a 26 de março

Exposição Corpa NegraDia.

Abordagem, por meio da pintura e da tecelagem, sobre jovens poetas negras contemporâneas, residentes e atuantes na periferia de São Paulo.

FÁBRICA DE CULTURA JAÇANÃ

9 de março, às 15h

Páginas Pretas: Mulheres negras que marcaram a história

Uma conversa sobre o machismo e o racismo em nossa sociedade, para conhecer as histórias de vida de grandes mulheres que pensavam a frente de seu tempo.

9 de março, às 15h

As hiper mulheres

Exibição da Vídeo nas Aldeias (VNA), um projeto que apoiar as lutas dos povos indígenas para fortalecer suas identidades e seus patrimônios territoriais e culturais.

FÁBRICA DE CULTURA JARDIM SÃO LUÍS

8 de março, às 9h30 e às 19h30

A imersão da mulher no mercado de trabalho e na universidade

Conversa para discutir a inserção e dificuldades enfrentadas na luta da mulher negra por espaços igualitários no mercado de trabalho e universidade.

FÁBRICA DE CULTURA VILA NOVA CACHOEIRINHA

8 de março, às 15h

O potencial da mulher nos dias de hoje

Um encontro de mulheres sobre a posição e conquistas da mulher nos dias de hoje. Para mais informações sobre a programação, acesse o site: www.fabricasdecultura.org.br

SERVIÇO:

Fábrica de Cultura Brasilândia

(11) 3859-2300

Av. General Penha Brasil, 2508 (Portaria 1) / Av. Inajar de Souza, 7001 (Portaria 2) - Jardim dos Francos, São Paulo – SP

Acessibilidade no local

Fábrica de Cultura Capão Redondo

(11) 5822-5240

Rua Bacia de São Francisco, s/n (Portaria 1) / Rua Algard, 82 (Portaria 2) - Conj. Hab. Jardim São Bento, São Paulo – SP

Acessibilidade no local

Fábrica de Cultura Jaçanã

(11) 2249-8010

Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138 (Portaria 1) / Rua Albuquerque de Almeida, 360 (Portaria 2) - Jova Rural, São Paulo – SP

Acessibilidade no local

Fábrica de Cultura Jardim São Luis

(11) 5510-5530

Rua Antônio Ramos Rosa, 651 - Jardim São Luis, São Paulo – SP

Acessibilidade no local

Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha

(11) 2233-9270

Rua Franklin do Amaral, 1575 - Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo - SP

Acessibilidade no local
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top