quarta-feira, 24 de maio de 2017

#Asminapá - Conheça a MC Debrete

Há tempos viemos dando visibilidade ao corre independente monstro das minas no Rap. Pois bem, essa semana tivemos a felicidade da MC Debrete nos procurar para divulgar o trampo. Fica o convite, a todas as minas independentes que querem divulgar o trabalho #asminapá. 



Débora Rita, vulgo MC Debrete, tem 21 anos, é uma mulher negra, lésbica e periférica, atualmente estuda na Universidade de Brasília.
Debrete nasceu no Distrito Federal, mora na Ceilândia Norte, sempre ouviu Rap e começou a cantar brincando de rimar com uma amiga há 3 anos. Participou de algumas batalhas que acontecem no DF, como a batalha das gurias.
A MC vai lançar um álbum em outubro, e apesar de não ter nenhuma música gravada, já tem algumas escritas, uma delas chamada "O Grito das Esquecidas" que fala sobre o feminicídio, que atinge principalmente as mulheres negras. Usa o Rap como forma de protesto e manifesto pra falar dos diversos problemas que assolam o povo, os pretos e as pretas da quebrada dela. 

Sobre o som Mães e filhos, a rapper solta a letra, "esse rap escrevi em homenagem às mães do cárcere, às mães de maio e a todas as mães das periferias do Brasil, fiz o clipe de forma independente e a produção foi inteiramente caseira, com o áudio gravado no celular, os beats e as imagens retiradas da internet, isso diz muito sobre o clipe, afinal, ainda faltam oportunidades pras minas do rap mostrarem e terem seus trabalhos reconhecidos". 

Confiram esse som, com essa temática tão importante!


            

Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top