sábado, 27 de maio de 2017

Rapper Diogo Namaha deixa de andar após colocar prótese contaminada em hospital de SP

Namaha deixou de andar após colocar prótese contaminada em hospital de SP.


O rapper Diogo Namaha, da zona norte de São Paulo e atuante na cena Hip Hop desde 1999, está passando por um pesadelo. Diogo Fernando de Oliveira, o Namaha, de 34 anos, passou por uma operação na unidade por conta de dores no quadril, mas saiu da sala de cirurgia “muito pior do que entrou”, conforme relata.

Diogo foi diagnosticado ainda na adolescência com epifisiólise, uma doença que se caracteriza pelo 
“escorregamento” da cabeça do fêmur, maior osso do corpo humano, no encaixe com a bacia. Colocou pinos nas duas pernas para melhorar a fixação da articulação e as dores até cessaram durante um tempo (20 anos para ser mais exato), mas voltaram ainda mais agudas na fase adulta. Foi após o segundo procedimento cirúrgico que o pesadelo do rapper começou.

“Ele ficou dois dias no hospital e o médico falou que podia ir para casa e andar. Ele recebeu alta sentido dor. A gente achava que era normal do pós-cirúrgico, só que ele fez todo o repouso direitinho e em vez de melhorar, começou a piorar. Teve secreção e tivemos de voltar ao hospital”, conta a mãe, que tem 67 anos, e já não possui condição física de ajudar o filho a se locomover.


Como as dores não cessavam e o quadro não melhorava, foi submetido a um exame de cintilografia óssea, que apontou uma infecção do material cirúrgico. “O laudo diz que a prótese estava infectada. Infecção não foi hospitalar nem nada. Foi a prótese”, relata ele. Após o resultado, Diogo afirma que voltou ao Hospital do Tatuapé diversas vezes. Os retornos acontecem sempre de três em três meses, há mais de dois anos, mas sem solução. 

Diogo convive com a dor e a imobilidade. Ele teve até de deixar o emprego, já que passa o dia na cama. “Não levanto para nada, nem para as necessidades. É terrível e não posso fazer nada. Não tenho condição de ir em um hospital particular e nenhum outro público quer pegar o meu caso. Falam para ir no Tatuapé, porque comecei lá”, lamenta.
Após notícia no portal G1, a Secretaria Municipal de Saúde procurou o rapperpara marcar uma nova reavaliação médica, que ficou agendada para a próxima terça-feira (30). 
Infelizmente tudo necessita de pressão para que seja pelo menos tomada uma tentativa de solução, pedimos que divulguem o caso para que chegue aos órgãos de saúde.

O contato de Diogo pode ser feito pelo facebook, Diogo Namaha, para possíveis ajuda, suporte e até mesmo mensagens de força. 

Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top