terça-feira, 29 de agosto de 2017

Grandmaster Flash é headliner do 3º M.A.C. Festival em São Paulo.


Para a alegria dos fãs de hip hop, a terceira edição do M.A.C. Festival em São Paulo está marcada para o dia 15 de setembro. O festival itinerante de cultura urbana acontecerá Nos Trilhos (local onde trens do século XX são restaurados e que também funciona como espaço para atividades culturais), no coração da Mooca.

Grandmaster Flash volta à capital paulista como principal atração. Joseph Saddler nasceu no Caribe mas imigrou com família para Nova York ainda criança. Foi no bairro do Bronx, durante a década de 70, que Grandmaster Flash iniciou sua carreira nas picapes como um dos protagonistas do nascimento do hip hop. Nos livros de história da música, ele aparece como o inventor de técnicas de DJing como backspin (técnica utilizada para passar de uma música para a outra, girando o vinil para trás) e scratching. “The Message”, um grande hit gravado com o The Furious Five, foi nomeado uma das maiores canções de rap de todos os tempos e este também foi o primeiro grupo de hip hop a ser incluído no "The Rock and Roll Hall of Fame". Grandmaster Flash é a voz de uma geração inteira de pioneiros do hip hop: seus sets dizem isso e passeiam por todas as fases do movimento. Sua mais recente empreitada foi como produtor na série do Netflix “The Get Down”, que retrata os caminhos da disco music e o nascimento do hip hop nos anos 70, em Nova York.

As histórias e curiosidades acerca da lenda acima são muitas e não caberiam neste release. Vamos às outras atrações do 3º M.A.C. Festival:

The Gaslamp Killer – é a personificação do hip hop moderno. Nomeado pela L.A. Weekly como “o grande DJ mais popular de Los Angeles”, o artista é um difusor de batidas de culturas diversas. Enquanto diverte a pista com suas dancinhas, ele também atua como um xamã dos beats, com mixes hipnóticas, psicodélicas, muito bass e rock. The Gaslamp Killer guia sua pista de dança ao centro da música eletrônica de vanguarda.

Black Alien – desde quando subiu num palco pela primeira vez, em 1993, Gustavo Ribeiro imprimiu sua marca na efervescente cena underground carioca. Ao lado do lendário rapper Speedfreaks (1971- 2010) e do DJ Rodrigues, gravou a música “Hit Hard Hip Hop” e dali pra frente Black Alien virou um gigante do ritmo e poesia no Brasil. Com o Planet Hemp, o MC ganhou projeção nacional e internacional. Após cinco anos e três álbuns de estúdio, Black Alien seguiu carreira solo com o premiado Babylon by Gus vol. I - O Ano do Macaco (2004) – um clássico do nosso rap. Em 2015, veio o elogiado Babylon by Gus vol. II - No Princípio Era o Verbo. Seu novíssimo single, “Sangue de Free”, saiu em 25 de agosto marcando o início da despedida do show Babylon by Gus. O repertório de Black Alien no M.A.C. Festival promete novidades!

Rincon Sapiência – é a cara do rap brasileiro em 2017. Seu recém-lançado disco de estreia, Galanga Livre é forte candidato ao disco do ano nas listas de melhores que pipocam em dezembro. Rincon é um poeta ágil, que ganhou os ouvidos do Brasil em 2009 com o single “Elegância” e construiu uma carreira com ótimas tracks, clipes e shows, até lançar essa pedrada que é seu primeiro álbum de estúdio. Ali, ele mergulha no universo da música africana, vai da capoeira ao blues, passando pelo coco, rock e tropicália.

As mulheres também marcam presença no lineup do M.A.C. Festival. São elas quem irão pilotar as picapes do rolê. A DJ Luísa Viscardi (Jambox) está confirmadíssima e vem com um set pautado no hip hop clássico, porém com toda a desenvoltura freestyle que tem. Já as Ice Cream Girls Club, são duas garotas tocando o que há de mais fresco no rap e trap.


Serviço M.A.C. Festival – 3ª edição em São Paulo
 
Data: 15 de setembro (sexta-feira)
Local: Nos Trilhos
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba 1253 – Mooca
Horário: 22h – 04h
Ingressos:
Censura: 18 anos – obrigatória a apresentação de documento original com foto, atualizado há menos de 10 anos, conforme a lei.
 


 
M.A.C. – Música, Arte e Comportamento

Em 2013, a Zeroneutro se pautou na cultura urbana para criar o M.A.C. Festival. Sua edição de estreia, em agosto, lotou a Estância Alto da Serra, em São Paulo e trouxe Soulja Boy, Rashid, Haikaiss, Negra Li, Oriente, Filipe Ret, Start, R&publik e DJ Kefing.

Em 2014, o M.A.C. ultrapassou fronteiras e foi para o Rio de Janeiro com Racionais MC’s, Mr. Catra e Cone Crew Diretoria, num Barra Music lotado. Depois seguiu para Salvador com: Racionais MC’s, Adão Negro, Filipe Ret, Sine Calmon e Cone Crew Diretoria num evento incrível dentro do parque aquático Wet’n Wild.

O ano de 2015 marcou a 2ª edição do M.A.C. Festival em São Paulo, no Espaço das Américas, com Cypress Hill como principal atração. Junto com o quarteto mais gangsta da costa oeste norte-americana, o evento trouxe o seu conterrâneo Sick Jacken (do The Psycho Realm) e os brasileiros Edi Rock convidando Dexter e Haikaiss convidando Shaw.

Música, Arte e Comportamento são os três pilares intrínsecos à filosofia da produtora Zeroneutro, que há 13 anos agita o mercado de shows nacionais e internacionais de rap, reggae e hardcore em todo o Brasil.
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top