terça-feira, 29 de agosto de 2017

O maior acervo de rap brasileiro feito por mulheres esta disponível no Google Drive

Imagem Ilustrativa / Stefanie Roberta, do" Simples", "Selo Pau de da em doido" e atualmente no "Rimas e Melodias"

Inspirado numa publicação da Rubia RPW em seu perfil no facebook: "Então pra vc que ainda insiste no velho cliché "ah não conheço mulheres fazendo rap que senão a Dina Di e a Rubia", tome vergonha em sua face e ouça o que elas estão produzindo. E não tá sendo pouco, hein?"
disse a Rubia, que por mais de 20 anos foi MC atuante do grupo RPW.
Lembrei do acervo de rap brasileiro feito mulheres idealizado pela Gabriela Martins.

Nós do Noticiário Periférico, sempre que podemos e não foram poucas as vezes procuramos divulgar trampos de mulheres, pois acreditamos que as minas trabalham igual aos homens do rap, se pá até mais. Mas elas não tem a mesmas oportunidades e visibilidade.
E um de nossos artigos (7 mulheres do rap brasileiro que você precisa conhecer) a Gabriela comentou sobre este acervo. 
Este acervo é muito importante na difusão do rap feito por mulheres no Brasil, para justamente não ter que ouvir que não conhece o trampo feito por mulheres. E claro dar visibilidade. Isto só fortalece mais ainda o rap nacional.

Este acervo da Gabriela Martins que esta disponível no Google Drive para download gratuitamente, e conta com 142 grupos\solo. Provavelmente vão dizer que esta faltando alguém, caso isto ocorra entre com contato com a Gabriela para que o grupo ou MC solo seja adicionado a este acervo.



Acesse o acervo: RAP NACIONAL ACERVO





Share this article

1 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top