quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Rogério ZL lança o som "Pretos em América", com part. de Máfia Red


Prisão domiciliar ainda é prisão! Libertem Rafael Braga!

Precisamos continuar falando do caso "Rafael Braga", mais um preto preso injustamente vitima de um sistema precário e racista. 
O documentário 13° emenda é o mais indicado se você quer entender como funciona o sistema carcerário no mundo, e como esse sistema é uma nova forma de escravização do século XXI.
Rafael Braga foi preso injustamente pela primeira vez em 2013 durante o período de manifestações politicas em que o Brasil se encontrava, Rafael é morador do Rio de Janeiro aonde trabalhava como catador de papelão, foi abordado pela polícia militar ao fim de seu expediente, Rafael tinha uma garrafa de água sanitária e outra de pinhosol
O caso "Rafael Braga" foi pego como referência para que a mídia não abafe mais um caso de injustiça, assim como faz e fez com vários casos que acontecem diariamente nesse país tumulo chamado "Brasil".
O caso "Rafael Braga" foi citado em alguns sons de RAP,  Xamã dedicou o final de suas linhas no som "Poetas no topo" para dar uma evidência ao caso, FROID também fez uma pequena referência em seu som mais recente chamado "Flow Lazaro Ramos" onde ele cita o nome de "Rafael Braga", também teve o cypher "Liberdade Rafael Braga" 
Que todas as linhas são inteiramente  dedicadas a situação que se encontra  Rafael.

Rogério ZL convidou o grupo Máfia Réd e juntos fizeram um som com linhas muitos fortes sobre toda a situação que acontece no Brasil desde o século XIX até os dias de hoje, o som se chama "Pretos em América" #LiberdadeRafelBraga, 
Gaff Gaff, Rogério ZL, Persa e Jay Bone chegaram muito bem na produção do LR Beats, Eles denunciam toda a violência polícial e todo o risco em que os Pretos vivem nas Américas.

O refrão desse som chega a arrepiar, 
Com as seguintes linhas: "No meio do atlântico escuto vozes, liberdade Rafa Braga, liberdade Rafa Braga"
As  linhas são uma referência  ao processo de escravização dos pretos, que todos sabem que foram sequestrados de África, durante o processo de transporte nos porões dos navios, por dias sem comer ou beber água, muitos Africanos não resistiam a essa travessia cruel e desumana no qual eram submetidos, muitos morreram no mar do atlântico, homens, mulheres crianças, enfim, foram muitas mortes. 
Mulheres  grávidas, preferiam a morte dela e de seus filhos, e acabavam se matando se jogando no mar, é como se essas vozes no meio do atlântico falassem: "Libertem Rafael Braga, Libertem Rafael Braga" uma atitude  do passado tendo consequência no presente.
KL Jay tem um frase muito forte, aonde ele diz " Aos pretos em diáspora, estamos em território inimigo", não podemos deixar esse caso morrer. Libertem Rafael Braga !!!

Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top