sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Inspirado em história real, Pevírguladez lança clipe “Determinação”


Matéria-prima para escrever a música veio de notícia de jornal e se tornou canção


A segunda canção do disco “Manual Prático de Malandragem – volume 2”, do artista carioca Pevírguladez, é lançado nesta quarta-feira (13) o clipe “Determinação”, com direção de Heron Portuga e participação da cantora  Lu Fogaça, resgata o que há de puro no hip-hop, numa mescla também com o soul.

Em uma pegada alto astral, a música trata de histórias de superação e foi escrita após o rapper Pevírguladez ler uma notícia em um jornal, para estimular as pessoas a não desistirem de seus sonhos e objetivos, porém sem ser piegas. A produção é de Dario & Laudz, dois beatmakers de Curitiba (PR).

 “A canção surgiu após a leitura do jornal, em que eu conheci a história de duas pessoas – Bira e Sandra – que viviam nas ruas e superaram as adversidades da vida e se reergueram socialmente. Sendo assim, ela é uma amostra real de que ninguém está fadado ao fracasso e que a determinação em viver algo melhor pode fazer muita diferença nas nossas vidas”, contou o músico, que também é educador na periferia do
Rio de Janeiro.

O clipe foi filmado no Centro de Duque de Caxias e no Parque de Madureira e de acordo com o rapper, serve também como injeção de ânimo. “Determinação é uma canção com mensagem positiva e sem pieguismo, baseado em histórias reais, cujo objetivo maior é motivar as pessoas a superarem seus limites e fraquezas em busca de uma condição melhor para si e seus semelhantes, isso é algo muito necessário num universo em que cada vez mais as pessoas entram em depressão e se sentem incapazes de serem úteis”, pontuou.  

Este é o segundo clipe do novo álbum lançado por Pevírguladez. O primeiro “Direito de Rimar” fala sobre a liberdade de expressão na arte e tem a participação da poeta  Mel Duarte.  O clipe ‘Direito de Rimar’ pode ser assistido aqui

Sobre Pevírguladez
Com mais de 15 anos de atuação no hip-hop brasileiro, Pevírguladez é educador no Rio de Janeiro e faz “hip-hop malandro”, em uma mistura de rap com samba ao cantar o cotidiano dos subúrbios cariocas.

O novo álbum, com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2018, terá participações de Carlos Dafé, Aleh Ferreira, Raphão Alafim, Dj Nato PK, Xará e Lu Fogaça.

 Assista: