sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

AB Galeria anuncia segundo ato de "Verão em quatro atos": "Voz da artista" e seleção de projetos de grafite e street art.


Durante uma semana, a partir de 03 de fevereiro, galeria na Barra da Tijuca (RJ) apresenta material documental da multi artista Panmela Castro e projetos das AfroGrafiteiras da ONG Rede Nami, além de receber projetos artísticos de street art e grafite para seleção e apoio



São Paulo, janeiro de 2018 – A AB Galeria, espaço cultural inaugurado na Barra da Tijuca (RJ) em outubro de 2017, apresenta “Voz da Artista” com Panmela Castro e as AfroGrafiteiras da Rede Nami, ONG feminista liderada pela multi artista. Durante uma semana, a partir do dia 03 de fevereiro, seu material áudio visual será exibido ao lado de obras das meninas da Nami. A ação faz parte do projeto “Verão em Quatro Atos” proposto por Fabiana Brandão e Liliam Albuquerque. Complementando esse segundo ato, as galeristas estarão recebendo, ao longo da semana, material de street art e grafite para seleção e participação em projetos apoiados pela AB Galeria. 

“Voz da Artista” é uma semana dedicada ao material áudio visual de Panmela Castro, exibindo seu trabalho de prevenção à violência contra a mulher e registro documental de performances. Para assistir os vídeos projetados na parede da galeria, há puffes disponíveis para até quatro pessoas. Não é necessário agendamento. Durante o dia de estréia, 03 de fevereiro, Castro fará intervenção artística pintando o interior da AB, de paredes a vitrais. Projetos das integrantes do AfroGrafiteiras também estarão expostos no período. 

“Em nosso encontro com a Panmela houve uma conexão instantânea e natural, já que os temas abordados por ela estão intimamente ligados aos nossos principais pilares, que são: o reconhecimento da street art, intervenções em espaços urbanos e o apoio e fortalecimento da igualdade de gênero em todos os âmbitos da arte e sociedade”, explica Fabiana. “Seu trabalho é muito consistente e multidisciplinar, incluindo instalações, performances, vídeo, fotografia e obras gráficas, nas quais está latente um caráter feminista”, complementa. 

A AB irá reverter uma fração de qualquer venda realizada durante a exposição para a ONG Nami. “Reconhecemos que a globalização ainda não foi capaz de superar a antiga ordenação das esferas socioeconômicas culturais, na qual o homem sempre ocupou uma posição hierárquica favorecida”, finaliza Fabiana. 

“Voz da Artista” é um complemento à mostra “Pulso”, também de Panmela Castro, em exposição na AB Galeria desde 20 de janeiro. “Pulso” é o primeiro ato do “Verão em Quatro Atos” e traz instalação, fotografias e projetos gráficos da artista carioca. 

Ainda durante a semana de 03 a 10 de fevereiro, Fabiana e Liliam estarão recebendo material de street art e grafite para passarem por uma seleção. Para participar, basta enviar o projeto para o endereço da galeria (Avenida das Américas, 3301 – Bloco 2, Loja 111 - CEP: 22631-004 
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro). Ele deve chegar até 10 de fevereiro. Os escolhidos participarão de projetos apoiados pela AB Galeria. A ação endossa o comprometimento das galeristas com o reconhecimento do street art. 

SOBRE AB GALERIA 
A AB Galeria, projeto idealizado por Liliam Albuquerque e Fabiana Brandão, iniciou suas atividades no Rio de Janeiro em outubro de 2017. Com o objetivo de se transformar em um ponto de encontro entre artistas, curadores, pensadores e entusiastas de experiências estéticas relativas aos novos caminhos da arte, a galeria busca atender a esse novo mercado que está em erupção. A Barra da Tijuca foi o endereço estrategicamente escolhido pelas galeristas porque há um público enorme e as galerias são quase inexistentes. A AB propõe unir arte ao entretenimento, aproximando o público ao universo das artes, promovendo apresentação de músicos alternativos e de processo criativo avançado nas mostras de artes. Há forte inclusão do áudio visual no trabalho da galeria, que também inclui os artistas nos eventos de arte, com intervenções ao vivo, envolvendo a arte na cenografia. A duração de cada exposição é em média de três meses e, no hiato, a galeria promove ativações regulares como workshops, conversas com artistas e curadores. Também promove atividades para crianças e adolescentes da região, além de projetos de relacionamento com alunos de escolas publicas, com a intenção de oferecer diálogos sobre arte, profissões e trabalhos manuais. Três semanas após abrir as portas, a AB Galeria fechou parceria com a Good Mother Gallery, em São Francisco (EUA), e levou as obras de Sliks para solo americano. 
Avenida das Américas, 3301 – Bloco 2, Loja 111 
CEP: 22631-004 
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro 
Segunda à sexta, 10h às 18h 
Sábado, 14h às 18h 
Site: www.abgaleria.com  
Telefone: (21) 2433 1073  

SOBRE PANMELA CASTRO 
Panmela Castro, 32 anos, é uma grafiteira nascida e criada no subúrbio carioca e que ganhou o mundo. Possui um trabalho autobiográfico que pensa em provocar e polemizar através do processo artístico de convivência com a paisagem urbana, as verdades instituídas por nossa civilização, em especial em relação ao corpo feminino, à sexualidade, à subjetividade, analisando as relações de poder e colocando em foco a arte como estilo de vida. De cores quentes em criações de mundo fantásticos, Panmela Castro explora a mitologia do feminino, em construções de mulheres que contam suas experiências de vida em diálogos dramáticos com o público nos muros de cidades como Paris, Nova York, Toronto, Praga, Viena, Berlin, Johanesburgo, Jerusalém, Istambul e Washington DC. Com o objetivo de não só ganhar as ruas, mas, como também outros universos, graduou-se em Pintura pela prestigiada Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, é Mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) na linha de processos artísticos contemporâneos. É professora há mais de 14 anos, ministrando workshops e palestras de graffiti e igualdade de gênero para a Secretaria de Segurança Pública, Petrobrás e Academia Brasileira de Letras. Por sua metodologia inovadora, recebeu dois prêmios na categoria de direitos humanos: O Vital Voices Global LeadershipAwards da Organização Vital Voices fundada pela secretaria do estado americano Hillary Clinton e o DVF Awards da Fundação Diller Von Furstenberg Family Fundation da ilustre estilista Diane Von Furstenberg. A artista expôs em importantes espaços como o Museu de Escultura Brasileiro (MUBE) e na Galeria do BNDES. Panmela é idealizadora, fundadora e presidente da Rede NAMI, uma organização de gênero que usa as artes urbanas para promover os direitos das mulheres. Por todo seu ativismo político através das artes, Panmela foi eleita em 2012 ao lado da presidenta brasileira Dilma Roussef e de outras mulheres ilustres como Angelina Jolie, Michelle Brachelet e Cindy Sherman como uma das 150 mulheres que estão se destacando no mundo. 

SOBRE ONG REDE NAMI 
Rede Feminista que usa as artes urbanas para promover os direitos das mulheres, liderada por Panmela Castro. 

Informações à imprensa 
Letícia Tie 
(11) 94867-8963