quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Hadisui lança o single “A Filha de Nkosi”


Músico homenageia matriarcas negras em rap sobre religião e herança ancestral
Inspirado na história de Mametu Rocecajo de Nkosi Mukumbe - sua avó - Hadisui dá vida ao primeiro single de seu álbum. A construção deste rap passeia por lugares distintos, entre referências da cultura bantu, beats eletrônicos, detalhada construção melódica e harmônica e letra que valoriza fé e ancestralidade. “A Filha de Nkosi” que significa o Leão Sagrado e o Guerreiro da Justiça, é também sobre família e uma homenagem às matriarcas negras, que guiam vidas com amor e coragem, resistindo ao tempo e dificuldades existentes num país onde ainda há espaço para racismo e intolerância religiosa. A música também ganhou videoclipe simplista gravado na Travessia Funicular, serra do mar que liga Paranapiacaba a Cubatão. Confira agora no Youtube:


Escute “A Filha de Nkosi “ nas plataformas digitais. PLAY!


+ Sobre Hadisui:
Produtor artístico e musical, pianista, arranjador e amante dos sintetizadores, Hadisui aka Hadji Suinara tem sua origem na música preta urbana. Já foi MC e produziu trabalhos para diversos artistas, entre eles Rocha (Q.I Alforria), Gegê (Caos) e D’Quebrada. Recentemente, realizou produção musical de “Acaso”, canção de Gê de Lima que resultou em videoclipe elogiado nas redes sociais.
Atualmente, dedica-se a produção do seu primeiro disco. A ideia é compilar em canções sua vivência na música, do primeiro contato com cavaquinho e violão de seu pai ao recente aprendizado teórico. Há músicas que abordam militância, romance, sensualidade e gratidão ancestral. Temas diversos embalados por muito rap, R&B, broken beat, house, neo soul, jazz e afrobeat, entre outros ritmos inspirados na música negra e urbana. O álbum de estreia está previsto para o primeiro semestre de 2018.