domingo, 21 de janeiro de 2018

Rashid lança o álbum "CRISE"


Novo álbum do MC é um experimento de mercado e case ousado para a música brasileira atual


Rashid, CRISE (Capa por Elias Mast)

A crise com a qual Rashid nomeia seu novo álbum é uma via de mão dupla. É a crise pessoal e a política, sobre estar no trono e ainda assim preocupado, como deixa claro na foto de capa.

CRISE é sintomático. Traz narrativas contestadoras, é visceral. Manifesto em rima e batida que tem origem na periferia mas hoje fala para o mundo todo.

O álbum tem dois alicerces: o som e o business. CRISE é o Rashid e seus sentimentos na prosa e o Michel, homem de negócios, no escritório. Esse paralelo é refletido nas letras e principalmente no modo operacional empregado para o lançamento, cujo conceito segue as novas tendências do consumo de música.

CRISE é composto por 10 faixas; oito delas formam o projeto Em Construção, proposta serial em que Rashid lançou, quase mês a mês, um single acompanhado de vídeo. O resultado de ter todos esses produtos circulando foi o alto desempenho que o artista demonstrou nas redes sociais e plataformas de streaming. Os números de alcance, seguidores e compartilhamentos multiplicaram e se mantiveram crescendo a cada lançamento.

Rashid empreendeu nos negócios para ter CRISE em mãos e não economizou nas produções e na composição. Reuniu tantos parceiros que a lista é imensa ao citar todos os produtores, instrumentistas, DJs, videomakers e vozes que construíram isso a seu lado. A rima lírica também é imensa, expansiva, se estende do casual a temas profundos. Musicalmente os horizontes também são amplos, tem o rap pesado de “Música de Guerra” e “Estereótipo”, o romantismo do R&B em “Bilhete 2.0”, “Química” e “Pés na Areia (Promessas)”, beats sinistros em “Primeira Diss” e “Mal Com o Mundo”, surpresas sutis como as tigelas tibetanas de “Musashi” e o arranjo de metais mais métrica audaciosa de “Sem Sorte”.


(Foto por Elias Mast)

O novo título dá continuidade à discografia do MC, uma sequência de lançamentos que criou a base fortalecida em que Rashid se encontra hoje e que tornou possível seu crescimento notável durante os 10 anos da história que está escrevendo.

CRISE chega para colocar novos holofotes na carreira de Rashid, desta vez sob a perspectiva dos negócios. A “crise” vem também com “oportunidades”, segundo as lendas da sabedoria chinesa. Rashid parece ter compreendido isso muito bem.


Ficha técnica:
Produtores: Skeeter, Wzy, DJ Duh, Deryck Cabrera, Nave e Rashid
Participações/Vocais: Luccas Carlos, Godô, Ellen Oléria, Camilo
Instrumentistas: Herbert Medeiros, André Knobl, Renato Taimes, Weslei Rodrigo, Leandro Wesley
Diretores dos clipes: Cléver Cardoso, Álvaro Dominguez, Devastoprod, Moysah, Felipe Barros, Tiago Rocha, Slim Rimografia
Mixagem e masterização: Luiz Café (exceto “Primeira Diss”, mixada e masterizada por DJ Caique)
Produção Executiva: Rashid e Daniela Rodrigues (Foco na Missão)

Capa por Elias Mast.

Discografia:
Hora de Acordar (EP), 2010
Dádiva e Dívida (Mixtape), 2011
Que Assim Seja (Mixtape), 2012
Confundindo Sábios (Mixtape), 2013
Seis Sons (EP com Kamau), 2014
A Coragem da Luz, 2016
CRISE, 2018

Siga Rashid:

Plataformas Digitais: