quinta-feira, 15 de março de 2018

Inscrições abertas para workshop gratuito de Rap e Beat.

Iniciativa do Festival Terra do Rap acontece no dia 25 de março e terá instrutores reconhecidos da cena Hip-Hop carioca.

Estão abertas as inscrições para o Terra do Rap Convida! - Workshop Rap & Beat oferecido pelo Coletivo de Cultura Urbana Repprodutora. O evento gratuito acontece no domingo, dia 25 de março, das 10 às 17 horas, no Centro de Referência da Música Arthur da Távola, na Tijuca, e contará com instrutores reconhecidos da cena Hip-Hop carioca.
   
O workshop é parte da programação do Terra do Rap - Festival de Rap da Língua Portuguesa, produzido anualmente pela Repprodutora, que volta ao Rio de Janeiro após uma edição bem sucedida realizada em Lisboa, Portugal. O objetivo do evento é promover um encontro com jovens rappers e beatmakers interessados em se aprofundar nas técnicas de composição de letras e batidas, gravação, produção, finalizando com a divulgação e venda da música e a relevância das redes sociais e da interatividade para o rap.

Ao longo do dia os artistas serão orientados pelos instrutores Vinícius Terra, rapper e professor de Português e Literatura, criador do Terra do Rap, com gravações e passagens em turnês pela Europa e América do Sul e pelo beatmaker e produtor musical Goribeatzz, que já produziu beats para vários artistas do cenário nacional e álbuns elogiados pela crítica especializada. Também está escalado para participar do workshop o MC e poeta Xandy MC, campeão da 1ª “Batalha Terra do Rap” (competição que promoveu duelos de freestyle que mobilizou 98 competidores no Rio de Janeiro, durante a última edição do Festival). No workshop ele vai falar sobre a sua experiência no Festival Terra do Rap em Lisboa, a primeira viagem internacional de Xandy.

“O Terra do Rap é um projeto que, para além de um festival, a missão é transformá-lo em uma espécie de caravana em constante movimentação; é uma forma de conhecermos e reconhecermo-nos em artistas locais e como a lusofonia está cada vez mais ativa e integrada em virtude da Cultura Hip-Hop também” Disse Vinícius Terra. “Lisboa foi prova disso. Levamos o campeão de nossa primeira batalha de Mcs  - Xandy Mc, jovem de 22 anos, morador da favela de Manguinhos e talentoso poeta e MC - para também vivenciar este intercâmbio. Cada vez mais precisamos nos compreender enquanto um bloco que fala a mesma língua e que está em todos os continentes”, completou.

Microfone Aberto + Pocket Show com CHS (Nectar Gang)

Às 17h, após o workshop, haverá uma ação no jardim do Centro da Música Carioca com microfone aberto para apresentações de participantes do workshop e de articuladores culturais, jovens artistas da cidade e artistas que já participaram do Festival em edições anteriores, como um reencontro nos moldes do que foi realizado na edição do Terra do Rap em Lisboa. A entrada é franca e a ideia é reunir artistas e iniciativas de cultura hip-hop de diversas regiões. CHS, membro do Nectar Gang, é uma das atrações confirmadas.

Os/As interessados(as) devem enviar um email para festivalterradorap@gmail.com e solicitar um formulário que deve ser preenchido e reenviado. O Centro de Referência da Música Arthur da Távola fica na Rua Conde de Bonfim, 824, no bairro Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. O "Terra do Rap Convida! - Workshop Rap & Beat" é uma contrapartida sociocultural do prêmio Cultura + Diversidade da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.





SERVIÇO
TERRA DO RAP CONVIDA! WORKSHOP DE RAP & BEAT – PRODUÇÃO LITERÁRIA & MUSICAL
DATA/HORÁRIO - 10 de junho (Sábado) / 10h às 17h
LOCAL: Centro de Referência da Música Arthur da Távola / Rua Conde de Bonfim, 824 - Tijuca, Rio de Janeiro.
GRATUITO
INSCRIÇÕES POR EMAIL - festivalterradorap@gmail.com
CLASSIFICAÇÃO 15 ANOS
VAGAS LIMITADAS




Sobre os instrutores
GORIBEATZZ - Goribeatzz Beatmaker e produtor musical, Goribeatzz é atuante no Rap Nacional desde 2004 quando fundou o extinto site Expresso22, um dos primeiros meios de divulgação do Rap Carioca. Em 2008 se juntou ao grupo Fluxo onde começou a produzir seus primeiros instrumentais. O beatmaker carioca já produziu diversos trabalhos respeitados no cenário como “Ética Molotov” do grupo Antiéticos, disco reconhecido como um dos melhores trabalhos do ano de 2014, “Anão Gigante” do rapper Indigesto considerado um dos clássicos do underground Carioca, entre outros, alem de ter trabalhado com inúmeros artistas como: Nectar Gang, Ramiro Mart, Funkero, Cartel Mcs, Rapadura, Jamés Ventura, Tássia Reis, BK, entre outros. Hoje em dia, Goribeatzz é artista do selo MUB(Música Urbana Brasileira), onde trabalha em seu disco autoral. É instrutor de beatmaker na oficina do SESI CIDADANIA RJ.

VINICIUS TERRA - Rapper, articulador cultural e professor de Português/Literatura. Consolidou sua carreira de maneira pioneira e inovadora ao lançar em 2008 seu álbum de estreia “Quando a Bossa Encontra o Rap” (o que resultou numa extensa tour pela Europa e América do Sul e reedição em formato Songbook, em 2012: o primeiro do gênero rap em Língua Portuguesa). Em 2014, ao lado do rapper Mundo Segundo e do Dj Nel’Assassin (Sr.Alfaiate), fundou o 1º grupo de rap lusobrasileiro: O “Projecto B.P.M.” (Brasil Portugal Misturados). É autor de um dos clássicos da chamada Nova Lusofonia, a canção “Versos Que Atravessam O Atlântico”.

Desde 2013 realiza o único projeto de intercâmbio de artistas do hip-hop entre os países da língua portuguesa: o Terra do Rap. Desde 2017 excursiona o seu país com o projeto “A Energia da Língua Portuguesa”, realizado pela EDP Brasil. No ano de 2018 lançará a sua obra mais madura e profunda acerca do hip-hop feito em português: “Pra Lusofonia... Nasce Um Novo Dia”, disco onde o artista remonta toda a história da língua portuguesa sob a ótica do rap – desde o trovadorismo do século XII até o hip-hop lusófono do século XXI e as conexões entre Portugal, África e Brasil.