quinta-feira, 24 de maio de 2018

Negros e Alvos no Lapeju Bar



Monahyr Campos é um artista da Zona Norte de São Paul, da região da Brasilândia.  Usa o fazer artístico como impulsionador  para romper as barreiras sociais da senzala social imposta à periferia. Assim,cresce sua participação nos espaços culturais centrais, sem abandonar sua origem.

Negros e Alvos no Lapeju Bar

Lapeju Bar está localizado no coração de SP; nasceu com o intuito de resgatar a herança musical brasileira. É uma sala de estar regada à boa música, dança, cultura e alegria. Público eclético traz a baile a diferença e a mistura.
Nesse clima descontraído e múltiplo, apresenta o musical Negros e Alvos no próximo dia 02 de junho. O espetáculo apresentado por Monahyr Campos e Labaredas leva arte, cultura, conscientização, valorização da cultura brasileira através de ritmos tradicionais brasileiros e dança.
A cultura brasileira é única, diferenciada, pulsante, rica e vibrante. É mestiça, resultado de um tripé cultural, um caldeirão de diferenças. Negros e Alvos aponta para a contribuição do negro na formação dessa mistura étnica e cultural.
O projeto Negros e Alvos nasceu na dramaturgia, fincou raízes na literatura, pela publicação do texto e vem se espalhando em sua divulgação através da música.



O autor, Monahyr Campos
Convicto do poder transformador da arte, Monahyr Campos cria conexões com o público através da música e da poesia, ora expondo questões sociais, ora refletindo a partir do cotidiano subjetivo de pessoas comuns, tecendo com as diferentes linhas que contribuíram para o desenvolvimento da cultura brasileira.
É autor do livro "Negros e Alvos" – “A exceção não pode servir para exemplo”, colunista da Rádio Baruk - programa Podcast Literários. Autor de trilhas sonoras além de letras para canções populares. Compositor, intérprete, escritor e professor.
É marca peculiar de seu trabalho a abordagem de temas sociais e o combate a quaisquer formas de discriminação. A música tradicional brasileira de inspiração afro é característica constante em suas composições. Na literatura os temas universais misturam-se à forte presença das questões ligadas à temática étnica e de gênero.

Serviço
Dia: 02/06/2018 – sábado
Horário: 21h
R$10
Lapeju Bar
Mais informações:  https://goo.gl/nXi4Ct
 créditos fotos divulgação: Roberto Assém