quinta-feira, 26 de julho de 2018

Lançamento do livro Branquitude e Televisão – a nova (?) África na TV pública



Evento em Salvador lança nesta sexta-feira (27), livros de pesquisadores – Ativistas Críticos da Comunicação. Mesa de debates acontece no Ceao-Ufba, no bairro 02 de julho, às 18h, seguida por sessão de autógrafos.
O rapper carioca e professor da UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia), Richard Santos, conhecido por Big Richard no mundo do hip-hop, está em Salvador nesta sexta-feira, 27/07, para lançar seu primeiro livro, em evento às 18h no Centro de Estudos Afro-Orientais (Ceao) da Universidade Federal da Bahia.
Intitulado Branquitude e Televisão – a nova (?) África na TV pública, a pretensão do livro, nas palavras do autor, “é se alinhar aos estudos fundadores, analíticos da história social do negro brasileiro e explorar no século XXI o processo de constituição da identidade mediada”.

Fruto de sua dissertação de mestrado na Universidade de Brasília (UnB), o texto analisa o programa “Nova África”, exibido pela TV Brasil, montada no governo Lula, contextualizando o processo político da época. Santos atuou nos primeiros cinco anos desse veículo. Foi produtor, repórter e apresentador do programa “ParaTodos”, exibido semanalmente.
O lançamento do livro acontece durante mesa de debates da qual participam a jornalista e feminista negra Vania Dias, da TVE Bahia, apresentado do programa “Soterópolis”. A seu lado estará o diretor-geral da Fundação de Ampara à Pesquisa do Estado da Bahia, Lázaro Cunha, e a pesquisadora Ana Gualberto, do Poscultura-UFBA, que pesquisa mulheres quilombolas no baixo-sul baiano.
Na mesma ocasião está sendo lançado Racistas São os Outros – contribuição ao debate lusotropicalista em África, Brasil e Portugal, organizado conjuntamente pela jornalista Danila de Jesus (doutoranda do Poscultura), Fernando Conceição, da Facom-UFBA, e M. Margarida Marques, coordenadora da pós-graduação em Migrações e Globalização da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Este livro reúne textos de dez autores africanos, portugueses e brasileiros, propondo-se, a partir de um escopo multidisciplinar, analisar a difundida noção de que a colonização portuguesa teria sido menos cruel que outras – na crença de que tanto em Portugal como em suas ex-colônias tropicais não se cultiva o racismo.
A mesa redonda será coordenada por Míria Cachoeira Alves Womble, mestranda do Pós-Afro. O evento é organizado pelo Etnomídia – Grupo de Estudos em Mídia e Etnicidades da UFBA. O Ceao está localizado no Largo 2 de Julho, centro de Salvador, com acesso de graça a partir das 17h30.
Seguindo-se ao debate haverá sessão de autógrafos pelos autores dos dois livros à venda no local, quando também será servido um coquetel frugal.
Mais informações: WhatsApp (61) 992550127 (71) 9 8529-0722 e (75) 9 9230-0801.
O QUE: Mesa redonda de lançamento dos livros Racistas São os Outros e Branquitude e Televisão
QUANDO: Sexta, 27 de Julho 2018, a partir das 18h
ONDE: Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA (Ceao), Largo 2 de Julho, centro de Salvador.
QUANTO: Acesso de graça. – I – Livro Racistas São os Outros R$ 30,00 II- Livro Branquitude e Televisão R$ 40,00