quarta-feira, 11 de julho de 2018

Negros e Alvos no Unibes Cultural


O povo negro está construindo novas narrativas. Inegável. A representatividade vem ganhando formas e contornos. Depois de Conceição Evaristo candidata à vaga da ABL, e Sobrevivendo no Inferno, clássico dos Racionais, tornar-se leitura obrigatória numa das maiores universidades do país, o mês de Julho chega trazendo nas artes visuais o corpo negro nos grandes equipamentos culturais de São Paulo através da exposição Histórias Afro Atlânticas.

Se tem corpo, também tem voz. Através da voz, cantos ecoam e anunciam a presença da arte negra feita por negros apropriando-se de seu lugar de fala em equipamentos culturais não segmentados, sem aquele recorte de “regional”, ou de “folclórico” geralmente reservado às artes afro-brasileiras, como se fossem um capítulo à parte, subalterno ou “diferente” daquilo que é consagrado como arte pelas academias.

É nesse cenário positivo que Unibes Cultural recebe Monahyr Campos com o pocket show de Negros e Alvos no próximo dia 13 de julho de 2018, às 19:30hs.

O projeto Negros e Alvos nasceu na dramaturgia, fincou raízes na literatura, pela publicação do texto e vem se espalhando através da música. No pocket show (acompanhado de voz, violão e percussão), Monahyr interpreta e comenta as canções compostas para a peça que deu origem ao projeto.

Convicto do poder transformador da arte, Monahyr Campos cria conexões com o público através da música e da poesia, ora expondo questões sociais, ora refletindo a partir do cotidiano subjetivo de pessoas comuns, tecendo com as diferentes linhas que contribuíram para o desenvolvimento da cultura brasileira.
É autor do livro "Negros e Alvos" – “A exceção não pode servir para exemplo”, colunista da Rádio Baruk - programa Podcast Literários. Autor de trilhas sonoras além de letras para canções populares. Compositor, intérprete, escritor e professor.

Negros e Alvos – pocket show + lançamento do livro
Unibes Cultural
Dia 13/07/2018 – sexta feira – 19:30h
Local: Lounge – Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2500,  bairro Sumaré, São Paulo
Duração: 60 minutos
Entrada Franca
Maiores informações: https://goo.gl/qbNxmp