segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Língua Franca se apresenta pela primeira vez em São Paulo dia 2 de setembro no Sesc Itaquera



Emicida, Rael e Capicua mostram ao vivo álbum luso-brasileiro gravado em 2015 em Portugal

"Nossa Pátria é a Língua Portuguesa" já bem disse Bernardo Soares, um dos nomes do grandioso poeta português Fernando Pessoa. Pensando nisso nasceu o projeto Língua Franca, com a intenção de aproximar a cultura urbana produzida no Brasil com a de Portugal através da Língua Portuguesa que hoje é utilizada por aproximadamente 220 milhões de pessoas é a 7ª língua mais falada no globo.

Emicida, Rael e a artista portuguesa Capicua passaram 10 dias em residência artística em Lisboa compondo e gravando o álbum, que teve produção de Fred Ferreira, Kassin e Nave. O disco também contou com a colaboração do rapper português Valete, que não participa das apresentações ao vivo.

"Além da língua, nós partilhamos um conceito de rap consciente, muito misturado com outros estilos, falando sobre temas filosóficos e causas sociais. Globalmente, fazemos parte da mesma tribo de rappers, com o mesmo compromisso e gosto pelas várias linguagens musicais" – comentou a rapper Capicua.

Já para Emicida, esse tipo de iniciativa incentiva um fluxo de informações muito importante entre as culturas, além da oportunidade de criar em conjunto, formato que o inspira muito. “Fico feliz em ajudar a colocar um tijolinho para construir essa ponte, que vai fazer com que essa geração comece a ver e a entender a língua portuguesa como um grande patrimônio que é de todos nós da lusofonia", explica.

O show do projeto lusófono já foi apresentado em festivais importantes de Portugal como "Rock in Rio Lisboa", "Super Bock Super Rock" e "Festa do Avante". No Brasil o coletivo fez apenas um show na edição do Festival Mimo (Rio de Janeiro), em 2017, e agora eles se reúnem para duas apresentações em São Paulo que acontecerão no Sesc São Carlos e Sesc Itaquera dias 1 e 2 de setembro respectivamente.

No repertório do show, além das músicas do álbum, Emicida, Rael e Capicua ainda interpretam seus grandes sucessos de carreira. Canções como "Passarinhos", "Boa Esperança", "Hip Hop é Foda", “Envolvidão”, “Casa no Campo” e “Jugular” se intercalam com “Ela”, “Gênios Invisíveis” e "A Chapa é Quente”, essa última rendeu ao projeto uma indicação ao Grammy Latino 2017 na categoria de melhor música urbana. Os MCs serão acompanhados pelo DJ Nyack (toca-discos) e Felipe da Costa (bateria).

Serviço
Show: Língua Franca - Emicida, Rael e Capicua
Data: 2/09 (domingo)
Horário: 15h30
Local: Sesc Itaquera - Palco da Orquestra Mágica
Endereço: Av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000 - Itaquera - São Paulo/SP
Informações: (11) 2523 9200 / www.sescsp.org.br/itaquera
Estacionamento: R$12,00 (Credencial Plena) e R$24,00 (Demais frequentadores)
Duração: 90 minutos
Censura: Livre
GRÁTIS