terça-feira, 2 de outubro de 2018

MC Rodrigo Brandao lança primeiro disco solo "Outros Barato"


**" Gravado no Red Bull Music Studio, álbum tem participações de Juçara Marçal, Tulipa Ruiz, Guizado, Pupillo e mais.

* disponível em todas as plataformas de streaming (Ouça aqui)

Conhecido por suas rimas autorais, o MC Rodrigo Brandão tem mais de dez anos de carreira e acumula parcerias, tanto em palco quanto estúdio, com nomes como Nação Zumbi, BNegão, Mamelo Sound System, e o baterista nigeriano Tony Allen, famoso por difundir o afrobeat junto com o lendário Fela Kuti. Em 2018, Brandão se prepara para lançar "Outros Barato", seu primeiro disco solo, gravado no Red Bull Music Studios, em São Paulo.

Gravado em três sessões, o disco conta com a produção de Thiago França e Daniel Bozio e edição e mixagem por Scotty Hard, no Inguasonic Sound, em Brooklyn, NY. "O disco foi feito em três sessões de improvisação livre guiadas pelos textos dele, cada uma num dia, cada uma com um time diferente", diz França.

A faixa "Sandina" é da primeira sessão e contou com Juçara Marçal e Tulipa Ruiz nos vocais, Pupillo na bateria, Marcelo Cabral no baixo acústico e o próprio Thiago no sax tenor, barítono e alto. “Laroiê”, “O Futuro É Fêmea”, “Kolofé Iyá Agba” e “Índia Diana Jones” foram gravadas nesse mesmo dia.

Já na sessão intermediária do segundo dia nasceram as faixas “Introlúdio” e “Viúva Negra”, gravadas com colaboração de Guizado no trompete, Rodrigo Hara no baixo elétrico, Richard Ribeiro na bateria e Leandro Archella nos teclados.

Por fim, o último dia de gravação contou com a participação de Guilherme Granado nos synths, Marcos Gerez no baixo elétrico, M. Takara na bateria, Rogério Martins na percussão e clarone, Thomas Rohrer no saxofone e Victor Vieira-Branco no vibrafone, além de Rodrigo Carneiro com uma participação especial no vocal. Juntos, naquele último encontro, a equipe gravou “Manifesto Candeia”, “Bebo Tempestade” e “Não Atire No Mensageiro!”.

Quase todas as letras são de autoria do artista, exceto “Não Atire no Mensageiro!” (em parceria com Rodrigo Carneiro), “Introlúdio” (adaptação livre de um trecho da graphic novel Coltrane, de Paolo Parisi), “Kolofé Iyá Agba” (de autoria de Juçara Marçal) e “Manifesto Candeira” (escrita pelo lendário sambista Candeia, quando fundou o Grêmio Recreativo de Arte Negra e Escola de Samba Quilombo, em 1975).

O disco está disponível em todas as plataformas de streaming. (Ouça aqui)

Faixas:

Lado A:
Laroiê
O Futuro É Fêmea
Manifesto Candeia
Kolofé Iyá Agba
Bebo Tempestade
Lado B:
Introlúdio
Sandina Ou Meio Meia Quatro
Viúva Negra
Índia Diana Jones
Não Atire No Mensageiro!

Ficha técnica:
Produzido por Thiago França & Daniel Bozio aka DvBz.
Editado, arranjado e mixado por Scotty Hard no Inguasonic Sound, Brooklyn, New York.
Gravado por Rodrigo Funai no Redbull Station, Centro, São Paulo. 
Assistente de estúdio: Alejandra Luciani.
Capa, contracapa e selos criados e desenhados por Guilherme Granado.
Montagem digital por Ricardo Fernandes.