"Kripta" nasceu da dualidade que os murmúrios e as lógicas imorais da razão de Rimari provocaram. 
Cavando um precipício cada vez mais sólido na própria mente, o artista manteve-se acorrentado entre a 
libertação dos dogmas sociais e, o peso de quebrar sua ética e a moralidade.

Ouça:

O que tem a dizer?