sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Preto Bronx lança o EP "Alter Ego"


Seu primeiro contato com a música foi... em meados de 93, o hip-hop estourando nos grandes centros do mundo e no Brasil Natal -RN, jovens criavam seus passos...

Os primeiros poemas vieram 95, participando de alguns grupos da música rap.

Alvo do sistema, Grito dos inocentes.

Com o passar dos anos estava envolvido na música e cultura hip-hop criando assim com outros rappers o Agregados FDR, ali seria seu divisor de águas, em 2000 sai o primeiro cd demo fazendo shows dentro e fora do estado e em festivais da época ao se “desligar” em 2005, deixou um legado de cd demo, cd oficial e videoclipe da música orgulho.

Surgindo o Nordestenato, que chega com um trabalho de estreia chega e faz o elo, que anos depois teria uma nova versão vencendo prêmio hangar de música (em seu trabalho solo, isso é um assunto que comentaremos no decorrer) ...

2008 lança o álbum do grupo pelo selo Dessencia records, “Daqui de cima, mas de igual pra igual” circulando por algumas capitais e festivais, feira da música e encontros de hip-hop.

2010 o grupo vence um edital Nubia Lafaiete, e grava o segundo cd do grupo “A virada do jogo”. Batidas fortes e envolventes, cativa o público e é convidado para participar do Festival Mada, festival da canção e outros festivais locais.

O rapper Preto Bronx, lança alguns singles com outros artistas, seria o ponta pé para um novo projeto com colaboração de músicos de natal e de fora, em 2015 faz o pré-lançamento no festival Do sol do novo álbum “viva e deixe viver” com apoio da Petrobrás e terreiros do futuro. No mesmo ano faz o lançamento oficial do album no teatro de cultura popular (TCP) reunindo boa parte dos artistas que participaram do trabalho. o video clipe chega e faz o elo que venceu em uma das categorias o prêmio hangar fechando um ciclo.

Voltou ao Studio em 2016, para lançar o novo single “ano 1”.

O cenário atual da música rap no mundo aquecendo o mercado, com novas vertentes como o “trap music”, hoje em evidência no Brasil entre os jovens. Recebe alguns instrumentais de um produtor norte americano wartimebeats, colaborando em três faixas do seu novo Ep Alter Ego, que conta com artistas como Denny Jorley, Luanda Luz e Pretta. Também vem com colaboração do Dj François, Noturno e Dessencia Records. O trabalho foi gravado/ Mix/ máster no estúdio de um amigo Stone One. Lançou o trabalho no seu canal do youtube no dia 09.11.2018, e em algumas das plataformas para download grátis. (sua música.com e soundcloud.com).

OUÇA:


Serviços:

Álbum: Alter Ego

Produção executiva: Dessencia records dessenciarecords@mail.com