quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Você já ouviu o EP "Diaz Dy Baile"?


Mixtape, álbum ou coletânea, chame como quiser, esse é o projeto idealizado por Y3ll, de 22 anos, morador do extremo leste de São Paulo. Juntamente com o jovem trapper Sloope (Gabriel Lopes) de 19 anos, também morador da zona leste.

"Pegue um pouco de Jazz, Dance house, Funk e Indie e junte isso nas bases regidas do Trap. Isso você vai acabar encontrando no Diaz Dy Baile (DDB)."


Diaz dy Baile foi gravado e masterizado em apenas 2 meses. Produzido longe do "padrão FIFA" de produção, já que segundo Y3ll e Sloope eles são “a várzea da produção independente”. E isso não significa má produção, já que todo o trabalho feito nos fundos de um quarto na Zona Leste de São Paulo, com um computador completamente fora de linha com o seu sistema operacional Windows XP, deu origem ao EP!

O EP que conta com uma longa lista de participações, impede que o projeto caia numa linearidade musical. Fora Sloope & Y3ll, o projeto conta com participações bem distribuídas de diversos artistas em 12 faixas sendo eles: Leo Lotho, Romulo Lopes, a.k.a Tempra Palace, Grupo ATTICA, Sandra Maria, Retângulo de ouro, Alamim, Shaka, 7roy, Vintilamor.

A ideia é que Diaz dy Baile, visto de fora, pareça mais um trabalho comum, contudo, de dentro para fora, tem muito a ser falado e o grande trunfo do trabalho é que são pessoas incomuns fazendo um projeto incomum. Confira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário