Com a música “Harakiri”, Isis Hembe anuncia o seu próximo passo depois de sua aclamada estreia no universo do rap underground angolano com o álbum “Prazer Isis Hembe”. Trata-se do LP “O Escrivão Solar”, onde o Mc reflete a partir de uma lírica surrealista, a responsabilidade de se ter o microfone em mãos, dentro da ótica da cultura Hip Hop.

Isis Hembe incorpora um Mc num espaço próprio, o Núcleo da Terra. E ali se depara com o “sol”, símbolo do espírito em muitas religiões africanas, que lhe convoca para uma missão: se doar a arte do Mc sejam quais forem as circunstâncias. Entre o medo e a paixão, a liberdade e prisão, o Mc se transfigura em guerreiro, oráculo e poeta. E é nas vestes de guerreiro que surge o Harakiri.

Harakiri é o código de honra extremo do Escrivão Solar, ou seja, do Mc no Núcleo da Terra. Convém morrer antes que se quebre tal código que consiste, basicamente, em não permitir que o egocentrismo obstrua a mensagem que o espírito quer passar.

A faixa conta com a habitual produção do Alan Godoy que é também produtor executivo do “O Escrivão Solar".

O "O Escrivão Solar" conta com 7 faixas, todas produzidas por Alan Godoy com a exceção de uma produzida pelo prestigiado produtor português Madkutz. O trampo está previsto para ser lançado no dia 1 de maio, na exata data que foi lançado o Prazer Isis Hembe.

Ouça o single no Soundcloud (aqui) ou no Youtube abaixo:

 
Para ficar por dentro de todas as novidades, siga o rapper no nas redes:

O que tem a dizer?