domingo, 1 de janeiro de 2017

39 melhores albuns de 2016, segundo o Noticiario Periferico


2016 foi um ano bem proveitoso para o rap, muita coisa boa, a cena movimentada e tal.
Esta lista é de 32 álbuns + 7 que no começo de dezembro indiquei como os que mais me impressionaram ate aquele momento, totalizando 39 álbuns, ep ou mixtape.
Usei uma analise técnica e gosto pessoal, letra, dicção, produção musical, analisei o trampo num contexto geral.

Antes ou depois de você conhecer os 32 abaixo confira 7 mc's brasileiros que lançaram ótimos trampos em 2016 

CLIQUE NA IMAGEM 

7 álbuns de rap lançado neste ano que mais chamou minha atenção.
Não tem um critério definido, mas são artistas que tem um ou 2 trampos lançados.

Na lista tem a carioca Yas Wernerck que faz um rap numa pegada r&b, o paulista Shazam vindo com suas rimas bem poéticas, o também paulista, mas da capital o Scooby com rimas bem diversificadas, de Minas Gerais temos o Delatorvi com suas rimas empoderadas com uma linguagem bem periférica misturando rap com funk, boombap e trap, de alagoas temos a Arielly Oliveira com sua voz doce e rimas contundentes, da Bahia vem o DDH, sigla que significa "Direto do Hospicio" preciso dizer que são rimas pesadas e insanas..? não né..rsrs e pra termina a mineira Tamara Fraklin com voz forte e rimas empoderadas.

 BOA LEITURA E AUDIÇÃO



O Tribo da Periferia é um dos grandes grupos de rap de brasília e do brasil porque não..?. O Tribo da Periferia tem grandes álbuns e todos com grandes visualizações, downloads e shows lotado. E no estilo de rap que eles se propõe a fazer hoje sem duvida são os melhores.
O álbum 4º foi se moldando aos poucos no decorrer do ano pois mais de 9 musicas do álbum ja estavam disponível na rede.
O album tem 20 musicas e todas de alta qualidade.


OUÇA - Tribo da Periferia - 4° Último no YOUTUBE

 


Issa Paz e Sara Donato ambas já tem seus trampos solo, Sara Donato em 2013 lançou o álbum "Made In Roça" e a Issa Paz ano passado lançou o álbum "A arte da refutação" amos os trampos tiveram grandes destaques na cena, ao ponto de ficarem entre os melhores trampos lançados respectivamente em seus anos.

Não é por acaso que a capa do álbum é uma Bigorna, o álbum esta pesado nas ideias, o álbum aborda temas como gordofobia, feminismo, racismo, rap e empoderamento feminino. Só ideia direta e reta.


O álbum foi produzido pela OQ?! Produções e tem participação de varias minas como Luana Hansen, Preta Rara, Tássia Reis, Banda Davidariloco, Souto MC, Rubia RPW e Gabi Nyarai.
 

A jovem MC da zona leste de São Paulo, a Dory de Oliveira, sempre mostrou que não ta no rap de brincadeira com o lançamento deste álbum, que eu achei incrível e de nome super original, ela confirma isto. Sempre fui fã do trampo da Dory, e sempre considerei ela entre as melhores mcs da cena paulista. Não só entre as mulheres, mas no geral.
Se perguntarem, diga que me chamo Dory de Oliveira é um álbum que mostra bem toda a ideologia de luta da Dory, que é contra os machistas, os homofóbicos, os racistas e qualquer tipo de preconceito. 

OUÇA - Dory de Oliveira - Se Perguntarem, Diga Que Eu Me Chamo Dory de Oliveira no YOUTUBE





Depois de 5 anos de produção chega aos ouvidos que gostam de boa música o Album "SÍMIO - AMANHÃ".
Luis Cilho, em 2010 começou sua caminhada em carreira solo e prometeu uma trilogia, lançou então os EPs "Ontem" e "Hoje" e agora traz um novo conceito com o nome SÍMIO, que questiona os rumos que a humanidade vem tomando, destruindo o natural pra viver do artificial, e assim encerra o ciclo com o disco "AMANHÃ", 
São 15 músicas inéditas, participações de Will Cafuso, Deejay Madruga, GUsta Proença, Thomas Kossar, Ricardo Passos, Felipe Amaral, Jeff Bass, Luiz Porto, Bigorna, Cadelis, Thiago Pródigo, Ant, RIcardo Pozzo, nas produções temos Renato Rigon, Nave, Munhoz, Dario, Crises, Butuca, Hurakán, Pródigo, Laudz, Jonas Pheer, entre riffs de guitarra, batidas pesadas, scratchs, grooves e muita idéia forma-se o Album Amanhã.


OUÇA - SIMIO - AMANHÃ no YOUTUBE



O Bonde do Jaguar é um Disco que não é novo nem velho. É uma mescla de sonoridade atual, com referências antigas. É um Disco de quem ouviu muito Samba, Rock, Mpb, Funk e não apenas Rap. Ele é grave, bass, marrento, audacioso e classudo ao mesmo tempo. Tentamos unir um som que se aproxima do Trap mas que não é um "trap pobre", a vivência do Vini e do Toretto e a forma como abordam os assuntos transformam o álbum em algo único. Contando com a primorosa produção de Sérgio Santos, traz coisas impensáveis para o Rap e a Música Brasileira como a parceria com Frejat e Mauro Santa Cecília na canção "Flores e Jóias", o primeiro um dos maiores nomes do Rock nacional e o segundo um dos maiores letristas em atividade, uma parceria com a relíquia do Funk carioca o Mc Menor do Chapa na música "Vida Bandida". E grandes parceiros do Rap Nacional, alguns mais antigos como o Jacksom, ex Planet Hemp e representante do Rap dos anos 90, e outros expoentes da nova geração como Nectar Gang, Marcão Baixada e GangLeen.
A idéia é abrir os olhos, um Disco feito por pretos em uma qualidade que acostumamos a chamar de "gringa" mas que a idéia é mostrar que somos capazes sim de fazer algo no mesmo nível dos caras lá de fora. Trazendo uma mixagem impecável, um cuidado com a estética, conversando com outros canais como a moda.
O Bonde do Jaguar é apenas o disco de estréia, é um toque inicial para a proposta que o Nunig e o Bonde do Jaguar querem trazer.





Timm Arif era membro do grupo Primeira Função, após alguns anos do fim do grupo, o rapper paulista lança seu trampo que esta fino!.
O album "Desatando os nós" tem oito faixas e participações de Dj Miria AlvesDJ Nyack,#DjWillDCazzNego EXandão CruzSadiki,Fahim e Nando Vianna.
E produção de Dj Nyack,KZA, Saile Beats,DJ Will, Grou e o Tim Arifi assina duas produções.


OUÇA - Timm Arif - Desatando Os Nós no YOUTUBE




Pulando da costa da praia nas águas turbulentas; admirando o calmo oceano beijar a areia da praia: essas são fases que formam a metáfora do novo álbum de Nego E, “Oceano“. E dentro dessas frases o músico conseguiu interagir os seus protestos anti racismo liricamente expressos, com músicas dançantes (que não deixam de ser protestos), indo de diferentes ritmos, um pouco de dance, jazz, boom bap e de tudo que pode fazer seu corpo mexer com a onda sonora e seu cérebro afundar em suas letras.

Os manos do RND deram uma "pequena" dixavada neste trampo confira.


OUÇA - Nego E - Oceano no YOUTUBE






Dj Caique sob o pseudônimo Caligari apresenta seu novo disco, “O Terror Tá De Volta”. Sequência de ‘É o Terror’ lançado em 2008.

Com 11 faixas e as colaborações de nomes como Rashid, PrimeiraMente, Patrick Horla, Godô, Trayce, MV Bill, Kid MC e Cidade Verde Sounds.


OUÇA - Caligari - O Terror está de Volta no YOUTUBE






Com 14 faixas, incluindo cinco inéditas, o disco foi produzido por um time de peso: DJs Cia, Caique e Blood, Lakers e Pá, Bruno Zanardi (entre outros), e conta com grandes participações: Ed Motta, Edi Rock, Gilson, Katinguelê, Péricles,Gregory, Kamau, e muito mais. Nas músicas, ele não deixa de falar do tema recorrente de suas letras, a contestação ao sistema, além de tratar do amor de mãe, amizade, escolhas, arrependimento, perdão, fé, renascimento, recuperação e  superação.
A inspiração para o nome do álbum é a lendária Flor de Lótus, que cresce em busca de luz e se mantém viva dentro da água parada e lodosa. Segundo o rapper, uma realidade nada diferente da que milhares de pessoas vivem: “Posso ver em muitas pessoas a essência da Flor de Lótus. Quantos dos nossos surgem e triunfam dentro do lodo, batalham para colocar o alimento dentro de casa e ainda assim, diante das dificuldades, garantem o sorriso de seus filhos,” conclui.

A Produção Executiva e Coordenação Artística ficou por conta do próprio rapper.    Direção Geral de Wilson Souto Jr, presidente da ABMI (Associação Brasileira de Música Independente) e Direção Executiva de Ana Maria T. Mendes. O disco  é distribuído pela Atração Fonográfica.


OUÇA - DEXTER - Flor De Lótus no YOUTUBE








Mauro Mateus, mais conhecido como Sabotage, era o próprio compositor e cantor de suas músicas e foi autor de dezenas de trabalhos que marcaram para sempre a história do rap no Brasil. Para muitos, o Maestro do Canão se tornou símbolo da constante luta que os pobres enfrentam diariamente para viver dignamente. Como resultado, outros artistas passaram a usar trechos de suas obras como samples, colagens e scratches em seus trabalhos.


Ao longo de dez anos, seus parceiros musicais reuniram as últimas gravações do rapper e finalizaram o álbum póstumo com 11 faixas inéditas e participações de grandes nomes do rap como: DBS, DJ Cia, Negra Li e Sandrão do RZO, além do duo de música eletrônica Tropkillaz.

 

OUÇA - Sabotage (Póstumo) no Youtube






Finalmente após três mixtapes e dois eps, o Rashid lança seu primeiro álbum oficial “A Coragem da Luz” a diferença entre álbum para ep ou mixtape, um álbum é muito mais trabalhado e lapidado que uma mixtape, no álbum o rapper entra no estúdio eu trampo no processo geral do álbum, ja numa mixtape, o rapper só entra no estúdio pra rimar.        

“A Coragem da Luz” traz participações ilustres de Criolo na faixa 3 “Homem do Mundo”, Mano Brown junto a Max de Castro na faixa 11 “Ruaterapia”, Xênia França, Godo, Srta. Paola, Izzy Gordon, Alexandre Carlo e Orquestra Metropolitana.




OUÇA - Rashid - A Coragem da Luz no YOUTUBE


Por Bocada Forte

O rapper ANDRÉ SAGAT, em parceria com o produtor Adem Junior, lança o álbum “DO COMEÇO ATÉ AQUI”. O trampo conta com 12 faixas e participações de Kamau, Rincon Sapiência, Rashid, Ingrid Mariano, MC Stefanie, Jeff Gabriel, DJ Elder e DJ Ajamu.
O experiente MC (40 anos) já fez parte do lendário grupo Consequência, entre outros trabalhos como videomaker, rapper e beatmaker. Já Adem Junior (26 anos) é produtor há 8 anos e conta um pouco como surgiu a parceria: ”Então a ideia surgiu, ele me procurou para comprar algumas produções minhas pois ele havia dito que já estava acompanhava meus trabalhos e evolução a um bom tempo, ele acabou pegando dois de início mais depois me veio na mente fazer uma Ep com ele pois sempre curti os trabalhos dele e do Consequência…a conselho de um grande amigo meu o DoisMs Beats perguntei pra ele se ele queria, de pronto o André Sagat aceito.



OUÇA - André Sagat - Do começo ate o Fim no SOUNDCLOAD




"Evoluindo através dos tempos" é o primeiro álbum em carreira solo da Cris do grupo SNJ.
O álbum conta tem 10 faixas, e conta com os 2 sucessos da Cris "O Bonde" e a musica "Oh Jah" que conta com participação do Adonai que é uma das musicas mais tocadas no programa "Encontro das tribos" na 105 FM. 
Alem do Adonai, a MC Stephanie Roberta que corre com o selo Pau de da em doido participa na faixa "Bota pra andar", o  rapper paulista Rashid participa na faixa Sigo Voando"






Dos anos 1990 até os dias atuais, o rap foi reinventado, subverteu regras e padrões musicais, mas dois fatores que sempre tiveram relevância no cenário hip hop são o respeito pela raiz e a originalidade.
Com produção refinada e DNA da rua, o disco Faça Acontecer, da dupla Doberman (KIDAOESTE e RONNIE BIGG), carrega em suas faixas a tradição e o clima soul do rap feito na Golden Era em pleno século XXI.
Fazer virar
A mensagem da dupla é direta: apesar das diferenças e desigualdades que não foram criadas pelos habitantes das periferias, reconstruir o orgulho suburbano e fazer todo esforço mudar a realidade das ruas continua sendo a meta principal. Numa cena onde muito se fala sobre a escassez de forma e conteúdo relevante, Doberman realmente está nas ruas pra somar.
FAÇA ACONTECER” tem participações de peso: Ricardo Móck e Sem Grana na produção, Luis Café na masterização. Pamelloza, Godo, Nega, Tate, Shatuba, Dog e Negrety completam o time convocado pela dupla Kidaoeste e Ronnie Bigg.


O grupo pernambucano Chave Mestra lançou Coração No Gelo, EP há muito tempo aguardado entre os fãs. O projeto é curto, são apenas 5 faixas. Carlos Gallo e Côro MC participam da música introdutória, que deu nome ao EP. A parte gráfica ficou por conta de Lázaro Júnior, mixagem é de Peu Shady e JJ Slim e master por JJ Slim. Além disso, as faixas foram produzidas por Moral, com exceção de “Coração No Gelo”, produzida por Ceagá.

Leia a material completa no RapLogia


OUÇA - Chave Mestra - Coração No Gelo no YOUTUBE


O cantor, compositor e produtor retorna com o lançamento de   ‘Consumer Fire’. O álbum que traz influências de grandes nomes da música negra como Cassiano, Tim Maia, Donny Hathaway, James Brown, Sly and the Family Stone e George Clinton, é uma Ode aos clássicos dos anos 70 com um toque futurístico,  que faz jus ao título do álbum inspirado no Salmos 106:18.
De uma lida no artigo da Rolling Soul


OUÇA - Lino Krizz - Consumer Firme no Rolling Soul

Primeiro álbum cheio de Dalasam, Orgunga traz oito faixas autorais e dá sucessão ao EP que lançou o rapper ao mundo, Modo Diverso, de 2015. O disco chegará às plataformas de streaming e também sairá, com lançamento independente, em formato físico.
“Eu mesmo, para ouvir as músicas que gosto, já me vi dentro de três plataformas diferentes”, explica ele. “Isso ainda não torna a música democrática. Achamos incrível estar em todos os lugares da música e procuramos também outras formas de ganhar dinheiro. Neste momento, meu coração me manda colocar as músicas para download gratuito. Se eu quero que chegue para todo mundo, tenho que deixar do jeito mais fácil para que isso aconteça.”
A expressão que dá nome ao disco de estreia de Dalasam foi criada por ele mesmo e sintetiza as palavras “orgulho, negro e gay”. “Negros, gays, rappers: quantos no Brasil? Deve haver vários tantos”, canta ele na faixa “Dalasam”, que abre Orgunga. O cantor de Taboão da Serra é um dos expoentes do subgênero chamado queer rap.


OUÇA - Rico Dalasam - Orgunga no YOUTUBE





Boogie Naipe que é o nome do álbum solo do Mano Brown, vale ressaltar que o brown não considera um trampo solo pela quantidade de participação e pelo Lino Krizz participar de varias faixas.
Boogie Naipe é totalmente diferente de tudo que você já ouviu do Brown, neste trampo o Mano Brown mostra seu lado romântico, ao lado de inúmeros artistas.

O projeto tem a produção gráfica assinada por Pedro Inoue, que entre seus clientes no segmento comercial, já trabalhou com David Bowie Damien Hirst. As fotos do disco foram feitas por Klaus Mitteldorf, que já assinou outras capas de disco dos Racionais. O novo projeto também conta com diversas participações especiais, como Leon Ware, parceiro de Marvin GayeHyldonSeu Jorge, o rapper Du BronksHelião do RZODJ Cia entre outros. A produção executiva é da Boogie Naipe e a produção musical é de Mano Brown e Lino Krizz.


OUÇA - Mano Brown - Boogie Naipe no YOUTUBE



Em “Coisas do Meu Imaginário” (Laboratório Fantasma/Natura Musical), quarto trabalho de sua carreira, Rael evidencia que a sua maturidade musical não transformou aquela que é a principal característica de sua trajetória: a mistura com outros gêneros. Ao lado de faixas como “Minha Lei”, em que se aproxima do rap mais tradicional - fazendo inclusive uma homenagem ao gênero -, estão o reggae “Rouxinol” e a romântica “Aurora Boreal”. A produção é de Daniel Ganjaman. Entre as participações estão Chico César, Black Alien e Ogi.






Por Zona Suburbana
Síntese lançou seu segundo álbum, intitulado “Trilha para o Desencanto da Ilusão, Vol. 1: Amem”. Projeto de 12 faixas, sem participações e com produção de Daniel Ganjaman e Neto.
“A Trilha para o Desencanto da Ilusão é um trabalho musical concebido a partir das experiências de um ente que vive em função do que pensa e sente. As ânsias e anseios do sincero na busca do auto conhecimento e da utopia da liberdade. A Trilha é o caminho a se percorrer e a música que acompanha a viagem. Esse caminho é peito a dentro e mundo a fora. Representa a caminhada do ser em busca de sua senda. O Desencanto é o anjo que cai. É a criança que cresce. Um crepúsculo para uma nova aurora e uma morte para um renascimento. Representa o encontro íntimo com a Verdade. A Ilusão é o imposto, é o feitiço. Representa a escravidão mental e a alienação espiritual à qual estamos submetidos na Babilônia brasileira do começo do terceiro milênio. AMEM é o estalo, é o único mandamento. No primeiro volume dessa saga, foi essa a conclusão à qual chegamos. Se a consciência é a matéria prima, o amor é o trabalho. O amor é a cura. É o veículo pra transformação das relações humanas. É a síntese.”

OUÇA - Síntese - Trilha para o Desencanto da Ilusão, Vol 1: "AMEM" no YOUTUBE




Por Só Pedrada Musical
Rimadora afiada e cantora de talento, Tássia Reis vem há alguns anos ocupando seu espaço no cenário musical brasileiro. Revelou-se com o single “Meu Rapjazz” e participações com nomes como Rashid e Mental Abstrato. Em 2014 lançou o “#EPTASSIAREIS” com produções focadas no soul, jazz e r&b. “Outra Esfera” mantém as pitadas de jazz, mas a sonoridade vem bem mais moderna com produções eletrônicas futuristas da dupla Dia & Grou, além de beats de Renan Samam e Tuchê. Entre rimas e melodias, Tássia fala sobre amor, relacionamentos, machismo e racismo no decorrer das ótimas sete faixas. Ouça, comprove e baixe o seu aqui!


OUÇA - Tássia Reis - Outra Esfera no YOUTUBE






Filhos de Um Deus que Dança, o EP lançado pelo rapper brasileiro Thiago Elniño, fala sobre a força espiritual como formadora de identidade. Sem medo de soar religioso demais, o artista usa e abusa das percussões comumente ouvidas durante os cultos de religiões de origem africana, como Umbanda e Candomblé. Estranho e forte para uns, recorrente para outros, a melodia pesada já é, por si só, um manifesto vivo.

Leia o ótimo artigo que o site Beijo me liga fez sobre o EP

OUÇA - Thiago Elniño - Filhos De Um Deus Que Dança no YOUTUBE






“Eu quero que a minha música seja fonte de mudança e transformação na vida de quem ouve. É isso que me motiva e me impulsiona a seguir sempre em frente, mostrando as minhas verdades e incentivando pessoas a terem orgulho de quem são através da minha arte, do meu trabalho…”, complementa Yzalú.O álbum completo sai, virtualmente, apenas no próximo dia 08/03, Dia Internacional da Mulher. Mas a rapper paulistana Yzalú já adiantou o single “Minha Bossa É Treta”.
Além do som, outra coisa que chama muito a atenção é a capa do álbum (acima), também divulgada: pela primeira vez no lançamento do single, Yzalú mostra a prótese que tem na perna direita. “Quando vi essa foto, tive certeza que ela deveria ilustrar a capa do meu novo álbum. Acho que expõe uma realidade ainda sem voz e que segundo os últimos dados do IBGE representa quase 25% da população brasileira”, diz a cantora.
Continue lendo aqui


OUÇA - Yzalú - Minha Bossa é Treta no YOUTUBE






Com produção musical do premiado A-Basa (Instituto, Wallbangaz, BlackAlien..) e coproduzido pela lenda Junior Marvin (guitarrista do Bob Marley), "Saiba Viver" é o primeiro álbum oficial do cantor Junior Dread.
Reunindo um time pesadíssimo de músicos, eles criaram a atmosfera perfeita capaz de transportar o ouvinte para um estado elevado de consciência, através de canções que falam sobre o amor universal, a igualdade e a paz.



OUÇA - Junior Dread - Saiba Viver no site http://www.juniordread.com/



O disco Newen de Brisa de La Cordillera, a MC BrisaFlow, mineira radicada em São Paulo, é pura força feminina. Força, fragilidade, sentimento, pluralidade. Não existe uma só mulher e não somos uma só coisa; somos múltiplos prismas que refletem o mundo de formas muito diversas. Podemos ser livres e apaixonadas, podemos ser mães e podemos ser sexuais, podemos ser, queremos ser livres para o que quisermos.
Nesse trabalho a talentosíssima Brisa vai além do rap e traz referências de música Latinoamericana e Araucana, resgatando suas raízes. O nome do disco, Newen, significa “força” em Mapudungun, que é língua Mapuche.

O disco conta com produção e mix de diversos vários nomes como Dia, GIANT, Gabba, Mr. Break, Gurila Mangani e Johnny Martinez. Foi produzido e gravado na Chocolate Estúdio e no Estúdio de Giancarlo Ranieri, mixado pelos mesmos e materizado por Luis Lopes na Flapc4.

Liberdade, igualdade, realidade. Vai ter mulher na música falando de suas experiências, vai ter mulher somando vivências e revolucionando a forma de contar histórias nessa cultura. Vulva la revolución!



OUÇA - Brisa Flow - Newen no YOUTUBE


A mixtape revela em 9 faixas a genialidade e a vida pessoal de Diomedes Chinaski, também integrante do grupo Chave Mestra. O trabalho tem um conceito que, assim como as clássicas partituras de Beethoven, trabalha de forma única o climax da obra.  “Ouroboros” traz um início — 2 primeiras faixas — que abusa da psicodelia com loops reversos e alterações de velocidade, e tem uma sonoridade impar que causa um ‘desconforto’ intencional, dai pra frente você vai começar a perceber e entender um pouco do amplo conceito do Ouroboros, as faixas começaram a ganhar uma certa ‘luminosidade’ e trazem sensações mais lúcidas, construindo assim um ciclo — como a capa define com uma serpente engolindo a própria cauda — até o seu final com o single do projeto, “ChaveMestra4Ever“
Leia o artigo completo no RND 





Por Só Pedrada Musical

Bk é um MC do Rio de Janeiro, mais precisamente do Catete, faz parte do grupo Néctar Gang que vem fazendo barulho na nova cena do rap carioca. Neste mês ele lançou o seu álbum solo que vem fazendo a cabeça por aqui.

Bk e seu bonde Néctar lembram um pouco o Odd Future, tanto musicalmente, quanto esteticamente. Sonoridade suja e minimalista, letras melancólicas e clima de pura chapação no ar.
Castelos & Ruínas‘ saiu pelo selo Pirâmide Perdida Records que junta essa rapaziada do Catete, Glória e Lapa como Akira Presidente e Sain e traz produção do El Lif, Jxnvs, Sain e Goribeatzz e participação de Luccas Carlos em alguns refrões.



OUÇA - BK - Castelos & Ruínas no YOUTUBE





Finalmente, Sorry Drummer, lançou seu muito aguardado segundo álbum, "Sorry Drummer & Friends Vol. 2".
Precedido pelos singles  "Perto de Mim", "Diz Que Sim"   e  "Runaway", o sucessor do aclamado "Sorry Drummer & Friends" de 2011, traz 15 faixas e participações de Slim Rimografia, Tássia Reis, Drik Barbosa, Rashid,  Stefanie, Rincon Sapiência, Isreal, Elo da Corrente , Síntese e os DJs Erick Jay, PG e Negrito,  Tatiana Bispo. O LP ainda conta com as colaborações internacionais da   rapper Akua Naru, a cantora norte americana  Trista Eaden, e os rappers Chris Broadnax e Ngoma Mjumbe .
O álbum que inclui o hit "Casual" lançado pela banda Haikass com participação do produtor e baterista, traz produção assinada por Silvera, e colaborações dos músicos e produtores Filiph Neo, Herbert Medeiros, Dj Luciano Rocha, Ronaldo Frige e Fábio Hataka.






Com riscos de Basim, Feva e Abade, o EP “A C.h.a.v.e.” é um chamado das quebradas para a celebração do bom e velho boom bap, com trilhas positivas e letras fortes, afinal, ter a mente engatilhada é necessário para seguir em meio a tanto estrelismo e papo de celebridade que invade o nosso rap.
Só que caras do Komodo, Phanthom, Rodrigo Nonato e Indião, vieram mais livres nessa nova fase, “A C.h.a.v.e.” traz outras vertentes do canto falado, tem rap sobre relacionamento na faixa “Posso Esquecer”, convite para o bate-cabeça em “Anima a Festa”, e clima jamaicano com ““Antes de Nadar Vê Se dá Pé”.

Leia o artigo sobre o disco no Zona Suburbana  


OUÇA - Dragões de Komodo - A C.h.a.v.e. no YOUTUBE




Por Bocada Forte
RATO e RALPH, colocam na rua mais um trampo oriundo do Vale do Paraíba /SP, “A RIMA É IMÔ é o título deste novo trabalho feito de coração pela rapaziada. Nas faixas, percebe-se a sintonia que esses dois manos tem, além do abraço coletivo com os outros irmãos que participam desta obra, como em uma de suas próprias faixas cita: “Filhos de outra mãe, também são irmãos“.
O trampo nos traz valores típicos do relacionamento entre dois parceiros: Lealdade, igualdade, amizade, respeito e compromisso. A rima sendo um imã; a proposta é atrair, aproximar as pessoas. Unir os pensamentos. Criando um sentimento de família entre os artistas; que se expande também para quem ouve. Todos se tornam parte dessa arte. Com uma palavra chamando a outra. Uma ideia atraindo a outra. Uma pessoa conectando a outra. De um lado: Ralph. Com mais de 15 anos de caminhada na cultura hip hop. Do outro lado: Rato. Cheio de experiências de vida para trocar e histórias  para contar. O disco ainda conta com as participações especiais de Nego Max, Axel Alberigi (AXL), Éricon, e MC José. Esse projeto vem agregar ainda mais na rica cultura musical do Vale. Um trabalho muito intimista, com todos instrumentais produzidos pelo próprio Rato, direto do “subterrâneo taubateano”.


OUÇA - Rato e Ralph - A rima é imã no YOUTUBE





O rapper paulistano Vinicius Preto acaba de lanaçr o EP Não Me Diga Que Esta Tudo Bem - Vinicius Preto
Disponivel nas plataformas digitais, youtube e soundclound.
Creio que este trabalho é de suma importância para toda nossa comunidade da periferia e levanto assunto relevantes que estão na pauta da nossa vivência.



 Aos 45 do segundo tempo de 2016..

James Lino AKA Arqueiro acaba de lançar seu novo trabalho, o EP chamado "Perseverança", são 6 faixas inéditas e a sétima é um bônus, um single que ja saiu anteriormente, as produções estão otimas!! Mantendo a essência do bom e velho boom bap, o ep recebe as produções de Dj Roger, Base Mc, André Zigs e Hélio Branco e não traz nenhuma participação....
Enfim, fica fácil escrever sobre um tipo de rap que eu gosto e alguém que faz o rap do jeito que eu gosto,
Espero que esse mano consiga trabalhar esse trampo do jeito que a molecada da nova escola faz (molecada que muitas vezes nao tem um terço do talento), afinal vivemos numa época que a imagem vem à frente do conteúdo, certo?
Share this article

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Noticiário Periférico • All Rights Reserved.
Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top